Transexualidade, Pedofilia, Bestialidade, Mês do Orgulho?

JoSportuguese – Joy of Satan em Português

Este grupo é para falantes de língua portuguesa que desejam estabelecer um relacionamento com Satan e discutir Satanismo Espiritual de forma séria.
Nós acreditamos que Satan e seus Demônios são seres reais. Seu tu és Satanista filosófico ou crê de outra forma, não tentes empurrar vossa crença aqui.
Pessoas que simpatizem com e/ou apoiem os inimigos de Satan (judeus, cristãos e muçulmanos) serão BANIDAS!
Blasfêmia contra Satan e/ou seus Demônios não será tolerada!
Se tu acreditas que Satan e seus Demônios são malignos, este grupo não é para ti, procure outro.
Não tentes empurrar crença Wiccana ou outros credos não-satânicos aqui.
Não tentes promover indivíduos, grupos ou organizações que atacam o Joy of Satan. Suas postagens serão apagadas e tu serás banido.
Qualquer um que promova qualquer coisa ilegal será banido, salvo Nacional-Socialismo e Revisionismo Histórico se estes forem criminalizados em vosso país.
Por favor, seja educado. Provocações não serão toleradas.

http://www.alegriadesatan.com

http://expondocomunismo.bucurialuisatan.com
http://thirdsexthulesociety.weebly.com/portugues.html
http://ssbiblioteca.webs.com

Sumo-Sacerdotisa Myla Limlal
Post Reply
User avatar
Egon
Posts: 1804
Joined: Tue Sep 19, 2017 6:07 pm
Location: ⬆️
Contact:

Transexualidade, Pedofilia, Bestialidade, Mês do Orgulho?

Post by Egon »

Fanboy wrote:
Fri Jun 17, 2022 6:26 am
sublimestatanist wrote:
Thu Jun 16, 2022 11:07 am
...
...

Mas também crianças trans não têm o direito legal de fazer a transição antes dos 18 anos nos Estados Unidos. A essa altura, nos tornamos homens barbudos e é irreversível. Isso causa depressão suicida.

Olhe para a Enária cítica, Hermafrodito, Tirésias, Cinaedus, Gallia, Asushunamir, xamã Argr, Seidr de Njord e Freyja, Uvual, Bahuchara, Suma Sacerdotisa eunuco de Artemis em Efésios, eunucos de Hécate em lagina.

Em "Apaixonada Inanna", a Suma Sacerdotisa escreve: "Destruir, criar, arrancar, estabelecer são vossos, Inanna. / Transformar um homem em mulher e uma mulher em homem é vosso, Inanna".
....

Diz-se que os andróginos nasceram da lua, escalavam o olimpo e desafiavam os Deuses, dizia-se que tinham extrema audácia e temperamento, e que uma vez separados não passariam tempo comendo, bebendo ou dormindo, mas em vez disso tentando desesperadamente reunir sua metade masculina e feminina ou morrer tentando. É triste e absolutamente preciso.
.....

Tudo bem ser trans, isso não faz de você um judeu.
Embora ser um "trans" não faça de você automaticamente um judeu, promover a mesma dialética sobre o assunto que os judeus criaram, faz de ti um judeu em si.

O que fazes consigo e com teu corpo é tua própria escolha. Como comes, fazes sexo, define tua sexualidade, é tua própria escolha. Com todas as consequências que estes implicam.

Independentemente disso, tudo o que está escrito sobre os "Deuses", muitas vezes escrito por feministas e outros "académicos" que querem criar alegações sobre "transgenerismo" ou confusão sobre "GBLT", não passa de alegorias espirituais, que algumas pessoas optam por tomar desta forma para se sentirem justificados em suas decisões.

No passado, nenhum desses jargões era necessário. As pessoas eram compreendidas pelo que eram. As pessoas se comportaram normalmente, e não havia necessidade de um "Mês" em que vemos crianças a rebolarem em caminhões vestidos de jeans, ou em clubes de strip-tease com dólares a serem jogados nelas. Nada disso existiu antes, nem o que nos levou até lá [o cristianismo] existiu antes.

Com o advento do cristianismo/judaísmo e suas amarras, muita gente foi reprimida. Essa repressão foi um terreno fértil para os judeus promoverem muitos de seus planos subterrâneos em pessoas confusas e reprimidas.

No mundo antigo, não havia "não aceitação" ou "intolerância" e, portanto, não havia necessidade de ir tão longe quanto ao que "chegamos" hoje, com todos esses extremos insalúbres que essas coisas trazem consigo.

Os antigos também eram mais saudáveis, e aceitavam as coisas como vinham sem a necessidade de um mês exclusivo de adoração de vibradores em caminhões. Eles não estavam a gastar bilhões de dólares em campanhas para convencer as pessoas de que são trans, sem gênero, ou qualquer outra coisa entre outras construções mentais infestadas de pus que as pessoas são obrigadas a aceitar hoje em dia.

Portanto, para os antigos, deturpar grosseiramente sua própria mitologia e mitos, não eram atos necessários para eles "advogarem" sobre os graves problemas de auto-aceitação que tinham, porque, principalmente, aceitavam mais a si mesmos e aos outros.

A mitologia não pode ser usada como um substituto para as insanidades mórbidas de nossa Era atual, a menos que quem o faça, é claro, seja um judeu em uma missão para confundir.

Se eu decidi fazer amizade com um crocodilo que pode me comer, isso não deve ser atribuído a Sobek e algum mito sobre "ser comido por Sobek". Da mesma forma, cada afirmação nos mitos não tem nada a ver com informações literais.

Outro exemplo, digamos que sou um cientista maluco que quer fazer cruzamentos entre touros e seres humanos. Se eu fosse um judeu, eu usaria a existência de centauros aos gregos antigos para alegar que eles faziam engenharia genética e outras bobagens, para justificar minha insanidade. Este assunto não é diferente disso, mantendo o mesmo processo de pensamento subjacente que não é apenas deturpado, mas judaico.

A mesma dialética de fazer a informação espiritual soar "literal", é o que os judeus estão fazendo com todos os nossos mitos, criando uma confusão perpétua. Essa confusão e mentira é tão alta, que certos termos foram totalmente pervertidos.

No grego antigo, o "eros" significa amor, mas também significa "quando as mentes entram em contato". Na Grécia Antiga, havia uma forma de relação entre homens ou mulheres (de mesmo gênero) que era chamada de "Pederastia", que tinha a ver com o crescimento da mente das crianças, ensinando-as sobre os assuntos divinos e ensinando-as a serem atraídas pelo divino, não diferente do que as escolas deveriam fazer hoje, ou estavam fazendo em todas as culturas pagãs.

O exposto não tinha nada a ver com sexualidade, assim como hoje os professores sejam mais velhos que as crianças ensinadas. Tudo isso, veio do erro de tradução de duas palavras, sendo uma delas "Eromenos", que significa "Aquele que vai em direção" e "Erastes" que significa "Aquele em quem outro está se movendo". Da palavra raiz "Er", temos também a palavra para "Ermes" que trata da mente e da conexão da mente.

Formas semelhantes de relações de amizade e ensino claramente ocorrem na civilização, no militar e assim por diante, mas os judeus poderiam se importar menos com o senso comum, pois descobriram alguma estranha brecha para promover mais falácias bíblicas e judaicas a esse respeito. Nas Forças Armadas, por exemplo, os generais mais velhos ensinam os generais mais jovens, e os generais mais velhos têm relações com os mais jovens (não sexuais) - a lista continua.

Os judeus, traduziram mal propositadamente e liberalizaram o acima, dizendo que os gregos antigos praticavam relacionamentos institucionalizados de "adolescentes com velhos", da mesma forma que dizem que em Sodoma e Gommora as pessoas faziam sexo com ovelhas e cabras e cavalos, diariamente.

Depois que eles fizeram o acima, sabemos o resto e como isso aumentou. As mentiras continuaram se acumulando com os séculos, e agora estamos onde estamos. Os judeus não deixaram a situação ao seu próprio destino, no entanto, e atacariam ainda mais, usando esse erro de tradução que eles SABEM que era o caso para justificar mais tarde abominações com muitos "argumentos", como NAMBLA e outras "organizações" merecedoras do dia do juízo final, a fim de destruir sociedade.

NAMBLA, claro, não tem nada a ver com nada descrito acima, eles são literalmente sangue-sugas que correm a tentar se forçar a legitimar a "pedofilia" até mesmo para bebês. Quando as pessoas normais veem essas coisas, elas enlouquessem com razão, pois nada disso é natural. Os judeus os promovem, para fazer nossas civilizações implodir ou prejudicá-las.

Esses eventos nunca ocorreram, ou foram tolerados, e sempre foram vistos como insanidade, mas os judeus os promovem fortemente agora, mais fortes do que nunca. Infinitas abominações foram escritas, e podemos contar com os judeus para escreverem abominações ad infinitum em relação a tudo isso.

A chamada comunidade "científica" promoveu essas mentiras, que mais tarde foram adotadas por todos os tipos de pedófilos criminosos. A mesma situação ocorreu na bastante instável comunidade "trans", que os judeus tentavam há décadas alimentar algo que os tornasse parte da mesma dialética que fizeram com os "pedos".

As mesmas mentiras sobrepostas foram feitas com tudo na história, para que os judeus criassem mentiras e difamações para as Culturas Antigas. Eles sabiam, afinal, que ninguém iria abrir um dicionário ou ter qualquer entendimento do "Gado Animal Goyim" e que os gentios, que careciam de educação e foram ensinados a odiar sua própria cultura, adotaram uma percepção equivocada que foi criada pelos judeus.

Da mesma forma, judeus e outros "pensadores", que precisam justificar as coisas morais decadentes do mundo atual e, em particular, os feitos dos Estados Unidos, perverteram copiosamente muitas coisas como "Hermafroditismo", "Androginia" e outros termos, são "Literais".

A Alma Masculina e Feminina são aspectos do Ida e Pigala, e não os seres do corpo físico transformados em outra forma. As chamadas alegorias "Andróginas" são sobre a união da alma, e não têm nada a ver com sua forma física, ou com o que escolheres vestir, ou qualquer coisa assim.

Há alegorias em que Inanna transforma pessoas em animais e assim por diante, e tudo isso é alegoria. Isso não é para justificar o movimento dos Furries, mas é claro que um judeu pode discursar sobre isso, pois estamos muito acostumados a isso.

Nenhum dos mitos sobre Tirésias, Hermafrodito, e tudo isso, tem a ver com fazer cirurgias estranhas em si mesmo, os sentimentos sobre o próprio "género" ou a adoção de uma assim chamada "identidade". Adote a identidade que quiser, mas os Deuses podem ficar fora disso.

Estes são mitos sobre alegorias espirituais e certas conquistas espirituais, não são justificativas para usar ou não uma peruca, ou escolher viver sua vida de uma maneira específica.

As histórias sobre a "separação do Androgynai" fazem parte do mito platônico sobre como as partes da alma são divididas através do processo de encarnação, que é uma lei do universo, e nada mais.

O resto em relação a isso são na verdade perversões en inglês que nasceram do interesse de um tipo específico de pessoas, que projetavam suas próprias buscas vãs para os Deuses, com temperamento agressivo e porque não eram leais às suas próprias decisões. Estes não têm nada a ver com tudo o que você escreve.

És livre para ser o que quiser e considerar, mas toda a destruição grosseira de cada história pagã e mitológica para justificar suas escolhas não ajuda em lugar algum, e é o que os judeus fazem para justificar o que eles promovem como "injustificável", ou seja, para pessoas trans existirem.

Não é injustificável, fazes o que quer e é quem queres ser. É injustificável destruir toda a cultura pagã apenas para justificar seu comportamento de determinada maneira. Inanna não mudava as pessoas de homem para mulher na cama do Dr. Shekelstein. Tudo isso é alegoria espiritual para ativar as partes masculina e feminina do cérebro e da alma.

A ativação de ambos em uníssono, é um código para a palavra "Androgynai", que também é uma palavra para as famílias vivas e casais que têm filhos com união conjugal normal no mundo real, ou seja, família.

Usar tudo isso como justificativa para promover essas coisas é subversivo e é fruto dos judeus. A cultura superior, por esta razão, é errada e absurda de ser destruída, mas continua a acontecer de qualquer maneira, não apenas por causa de erros grosseiros de tradução na América, mas porque cada "necessidade" que a população infinita pode ter, tem que ser "justificada pelas abominações dos gentios", e é por isso que os judeus estão a deturpar grosseiramente nossa mitologia e religiões.

Se queres ser aceito, então deves pelo menos dizer a verdade e assumir tuas decisões. Não é por causa de alguma alegoria que escolheste perverter sem motivo. Não faça o que os judeus fazem.

-Sumo Sacerdote Hooded Cobra 666
sublimestatanist wrote:
Thu Jun 16, 2022 11:07 am
Olá a todos,

Eu sei que os judeus têm um jeito estranho de se infiltrar e corromper símbolos e estou começando a me perguntar se o casamento homem/mulher (na espiritualidade, como com o Baphomet) é um deles. Eles nos fazem adorar ídolos que são cada vez mais claramente transgêneros.
....

Outra parte disso que eu sinto é fazer as mulheres parecerem mais masculinas/fortes, o que é algo que não é muito prático quando nos comparamos a homens cheios de silicone. Eu não sou uma mulher, mas me irrita que as mulheres sejam submetidas a padrões irreais como esse. É um método vil de usar mensagens subliminares para diminuir ainda mais a auto-estima das mulheres.

O transgenerismo é descaradamente 100% artificial. Além disso, nossos filhos estão a serem submetidos a lavagem cerebral e preparados para uma vida superficial e corrompida de se tornarem algo que não são, a fim de preencher os muitos vazios que naturalmente experimentam. Também é inconfundível que as taxas de suicídio e depressão em pessoas trans são mais altas do que qualquer outro grupo social/cultural.
....

Essas são coisas que todos vocês aqui já sabem. Ainda assim, tenho dificuldade em envolver minha cabeça em torno deste tópico. Especificamente, não consigo entender por que os judeus têm tanta paixão por hermafroditas. Será que minha teoria acima se sustenta? Um ponto fraco disso é, por que então é que há quase exclusivamente trans mulheres (ex-homem), e homens gays em termos de celebridades, enquanto é quase igual (M/F & F/M) em crianças? Eles vestem meninas para que pareçam meninos para serem modelos, e vestem meninos para parecer meninas/mulheres jovens, também para modelo/publicidade. Fazem isso há anos. Eu não sou nenhum tipo de sabe-tudo por qualquer extensão da imaginação, mas fazemos o melhor que podemos. Em algum momento, acho que devo ressalvar que essas pessoas são literalmente psicopatas e nem tudo o que fazem terá um propósito claro e definitivo para nós, pessoas sãs. Dito isso, é extremamente complexo e planejado.
...
O transgenerismo e tudo isso é uma perversão dos ensinamentos ocultistas através da externalização deturpada destes. O que ocorre socialmente é uma situação de seres humanos vivos e suas escolhas, nada mais.

Os judeus não podiam perder a oportunidade de arrastar todos para outra avenida sem sentido mais uma vez, causando divisão social e ódio.

Independentemente disso, eles pressionarão pela desunião social, causando complicações às pessoas e fingindo que apoiam os transgêneros enquanto são autores da cultura que pregou sua execução, dentre muitas outras pessoas.

Além disso, vale a pena envolver as pessoas nesses estilos de vida, especialmente se elas optarem por fazer operações o tempo todo. Vale a pena para o judeu passar uma década a fio, apenas procurando por um preenchimento labial ou algo assim, e gastando toda a sua existência com esses assuntos.

Eles sabem que isso criará agitação social ao usá-los como um batalhão militante sob o pretexto de que "não têm direitos" enquanto têm os mesmos direitos que todos os outros, usando-os e tornando-os militantes dizendo-lhes que não são aceitos enquanto todas as suas necessidades são atendidas etc.

Claro, no que diz respeito aos judeus, nenhuma tolerância deve ser praticada para essas pessoas, e executá-los é algo que eles consideram normal por muito tempo. Os judeus pregam a execução e a negação de tudo isso, porque eles sabem o que é uma questão incômoda e de perda de tempo que é ter tudo isso socialmente.

Pedo e todas essas forças exageradas que os judeus promovem, fazem parte disso. Os judeus sabiam que os pagãos não tinham problemas de aceitação na sexualidade adulta com consentimento, mas eles fingem como todo mundo faz, para promover a insanidade na população e fazer com que essas pessoas se sintam ofendidas, levando todos à insanidade.

Quando eles se sentem assim, eles os promovem à degeneração completa e à destruição social literalmente sem motivo.

O cérebro do judeu é muito simples nessas questões. Se causar danos, causar caos e desunião e geralmente afetar negativamente todos os envolvidos, eles o promoverão. Se for uma perda de tempo de todos, eles vão promovê-lo, e se eles fizerem shekels enquanto estão nisso, eles vão promovê-lo com força total.

Tudo também vem com o "benefício extra" de muitas pessoas que correm de volta ao cristianismo, então promover todas essas mentiras e forçá-las, é uma situação de vitória dupla para os judeus, que como resultado, de pleno direito e com força total, promovem essas coisas agora mais do que nunca.

-Sumo Sacerdote Hooded Cobra 666
Nimrod33 wrote:
Fri Jun 17, 2022 11:37 am
...
Da mesma forma, também me lembra como o canal Survive the Jive, em um de seus vídeos mais recentes, tentou empurrar uma narrativa falsa segundo a qual nossos ancestrais "praticavam sexo com cavalos antes de fazer um sacrifício de sangue com eles". Que vendido nojento!
...
Esse é um nível comum de retardo em muitos "pesquisadores". O "amor ao cavalo" trata de trabalhar certos aspectos de uma alma.

A parte da mente que tem a ver com a lógica, é simbolizada por um cavalo branco, por exemplo. A unidade com o cavalo, tem a ver com a ativação de aspectos latentes da mente antes do Ritual.

Mas isso é provavelmente muito difícil de entender para certas pessoas que afirmam ser "pagãs". Neste caso, vou deixar essas pessoas se foderem com seus cavalos.

Survive the Jive pode se ele quiser pode fazer sexo anal com um cavalo se ele é tão tarado assim (já que é uma coisa tão Ancestral dele fazer com base nessas alegações malucas), mas ele não devia creditar isso a alegorias mitológicas de seus ancestrais, já que eles não fizeram nada disso e nem sacrifícios humanos.

Os Deuses ou seus ancestrais não devem ser creditados com desejos de fazer sexo com cavalos ou qualquer outra coisa. Essa calúnia total é realmente uma blasfêmia contra os ancestrais e os Deuses.

-Sumo Sacerdote Hooded Cobra 666

Yoga + Mantras | Workout Program by Bioneer

"I think that the idea of power corrupting and absolute power corrupting absolutely is not on the mark. I think what happens is that power attracts the corruptible."
-Frank Herbert


Wallpapers of Gods (click on the image):
ImageImage

Downloads (português)


Nazis and Jews in Manga and Anime (Contains hyperlinks to other Manga topics)

卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐
Post Reply