Morte do Comunismo

JoSportuguese – Joy of Satan em Português

Este grupo é para falantes de língua portuguesa que desejam estabelecer um relacionamento com Satan e discutir Satanismo Espiritual de forma séria.
Nós acreditamos que Satan e seus Demônios são seres reais. Seu tu és Satanista filosófico ou crê de outra forma, não tentes empurrar vossa crença aqui.
Pessoas que simpatizem com e/ou apoiem os inimigos de Satan (judeus, cristãos e muçulmanos) serão BANIDAS!
Blasfêmia contra Satan e/ou seus Demônios não será tolerada!
Se tu acreditas que Satan e seus Demônios são malignos, este grupo não é para ti, procure outro.
Não tentes empurrar crença Wiccana ou outros credos não-satânicos aqui.
Não tentes promover indivíduos, grupos ou organizações que atacam o Joy of Satan. Suas postagens serão apagadas e tu serás banido.
Qualquer um que promova qualquer coisa ilegal será banido, salvo Nacional-Socialismo e Revisionismo Histórico se estes forem criminalizados em vosso país.
Por favor, seja educado. Provocações não serão toleradas.

http://www.alegriadesatan.com

http://expondocomunismo.bucurialuisatan.com
http://thirdsexthulesociety.weebly.com/portugues.html
http://ssbiblioteca.webs.com

Sumo-Sacerdotisa Myla Limlal
Post Reply
User avatar
Egon
Posts: 1804
Joined: Tue Sep 19, 2017 6:07 pm
Location: ⬆️
Contact:

Morte do Comunismo

Post by Egon »

Morte do Comunismo - Introdução

A Guerra Que Vem de Outros Mundos...

Há uma guerra acontecendo “lá fora” envolvendo outros mundos, estendendo-se a diferentes partes da galáxia. Os cinzentos fizeram um pacto com o Vaticano: riqueza e poder em troca de almas. Essa foi uma das razões. Tudo isso tem a ver com poder oculto, juntamente com raça. Em adição aos assassinatos em massa e tortura de gentios, conhecimento espiritual foi veemente removido. Esse é tudo que cristianismo e islamismo são. Conhecimento espiritual e poder oculto são sistematicamente removidos e substituídos com porcarias sem sentido. Isso é análogo a um dos cinco sentidos serem removidos de um dos lados numa guerra, e o inimigo que tem todos os cinco tem uma óbvia vantagem. O lado com quatro sentidos ou menos obviamente perderá.

Em nosso caso, foi o sexto sentido a ser removido, juntamente com o conhecimento acerca deste. Em seu lugar, como eu disse acima, porcarias sem sentido juntamente com mentiras para substitui-lo. A inquisição foi tão longe ao ponto de assassinar os netos e outros descendentes dos assim chamados “hereges”. Isso é porque o poder oculto é hereditário. Essa foi uma grande vitória do inimigo, não diferente do comunismo em que assassinatos em massa são cometidos para limpar qualquer memória das gerações anteriores consideradas uma ameaça. Então, o conhecimento oculto é mantido nas mãos de uns poucos, principalmente judeus no topo (eles também tem total controle do Vaticano e de posições chave do Islão).

Tudo isso foi conseguido com a ajuda dos inimigos cinzentos odiadores de humanos e seus superiores reptilianos, e levado a cabo pelos judeus que são conectados a eles. Se fizer a pesquisa necessária, há muitas pinturas daquele período representando atividade extraterrestre. Durante a Segunda Guerra Mundial, ouve também um alto nível de atividade extraterrestre quando ambos os lados, o nosso de Satan (Nacional Socialismo) vs. o inimigo (comunismo), estavam face a face. Muitos de vós sabeis sobre o incidente de Roswell em 1947, quando os inimigos cinzentos estavam muito confiantes, junto com incidentes pós-guerra os envolvendo.

Eu postei um link no youtube aqui a algum tempo, mas este foi removido (alguma novidade?). Este é para queles de vós que ainda não o viram. Aqui está outro link:

www.dailymotion.com/video/xzfui0_aliens ... shortfilms

Se não puderes achar ou o link for removido novamente, então pesquise “Aliens e o Terceiro Reich”. Esperançosamente o link acima deve funcionar. Claro que tem as mesmas calúnias de sempre, mas o vídeo em si é muito revelador. Nosso lado (Satan, Império de Órion) trabalhou com os nazis. O outro lado, os inimigos cinzentos, trabalharam com aqueles lutando pelo comunismo. Hitler vc. Stalin. Na Segunda Guerra, as coisas chegaram a um clímax como nunca antes na história.

Se notares através da história, e isso vai por séculos, os cinzentos - o lado comunista/cristão - sempre foram odiadores da humanidade, assassinos em massa e escravistas brutais. Islamismo não é diferente. Eles também são mentirosos prolíficos e enganadores que tentam usar, manipular e promover lemas como “amor”, “igualdade”, “irmandade” e “melhores condições de vida” - uma “vida melhor” como cilada para um número massivo de vítimas. Isso também vem com seus programas de “amor” e “paz”, resultando em infinitos assassinatos, tortura, guerra e destruição da vida e alma humanas para cumprir sua agenda de escravizar o mundo inteiro.

Citação do Talmude judaico:
Simeon Haddarsen, fol. 56-D: “Quando o messias vier, todo judeu terá 2800 escravos.”

Isso continua acontecendo por um longo tempo e ainda não acabou. Em adição, cada lado tem seus próprios humanos trabalhando. Eu sei que a maioria das pessoas do lado de Satan nasceu com certas marcas. O inimigo sabia disso a muito tempo atrás e chamou isso de “marcas de bruxas” que significava morte automaticamente assim que descobertas. A maioria dos nossos líderes foi contatada por Satan em tenra idade, antes do primeiro retorno de Saturno lá pelos 29-30. Satan tem suas próprias almas, aqueles que estiveram com ele por diversas vidas, almas de elite que atingiram as mais poderosas posições no mundo, como Adolf Hitler, a reencarnação Ramses II, uma figura histórica notável e muito poderosa, além de ser um faraó. Alguns dos líderes mais importantes do Terceiro Reich foram também encarnações de importantes faraós. A importância e posição que se atinge numa vida passada é geralmente atingida muito mais fácil nas vidas seguintes, são almas de elite.

Espero que o escrito acima tire as vossas dúvidas. Os programas imundos cristão e islâmico envolvem muito mais do que o que somes ensinados a história humana e esta Terra. Tu deves pesquisar, estudar e aprender a pensar fora do que fostes doutrinado. Eu sei que há pessoas aqui que levam isso levianamente ou simplesmente ignoram, mas isso é mortalmente sério. Precisamos alcançar tantas pessoas quanto possível e trabalhar para destruir os programas do inimigo, expondo o cristianismo e seu gêmeo, comunismo. Todo o nosso futuro está na linha.

Eu também gostaria de mencionar que independentemente da campanha inimiga para destruir todo o conhecimento espiritual, muito ainda sobrevive. Na Rússia e no Cáucaso há conhecimento preservado de centenas de anos, e um espírito benevolente que foi muito reverenciado cujo nome era “SHAYTAN”. Há uma referência a isso no capítulo sobre os livro Almasty, do livro The New Soviet Psychic Discoveries: A First-Hand Report on the Startling Breakthroughs in Russian Parapsychology Paperback, por Henry Gris e William Dick.

-Suma Sacerdotisa Maxine Dietrich

Yoga + Mantras | Workout Program by Bioneer

"I think that the idea of power corrupting and absolute power corrupting absolutely is not on the mark. I think what happens is that power attracts the corruptible."
-Frank Herbert


Wallpapers of Gods (click on the image):
ImageImage

Downloads (português)


Nazis and Jews in Manga and Anime (Contains hyperlinks to other Manga topics)

卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐 卐
User avatar
AryaPaimon
Posts: 38
Joined: Mon Oct 26, 2020 6:35 pm
Location: alto sertao nordeste brasil

Re: Morte do Comunismo

Post by AryaPaimon »

Original: http://expondocomunismo.bucurialuisatan ... os-opostos

Irmão Egon,

Boa noite.
Traduções feitas para a avaliação:

EXPONDO O COMUNISMO
PAG. 232 A

Como os judeus controlam os dois lados "opostos", e trabalham ambos para cumprir a sua agenda.


O artigo seguinte é um excerto de "The White Man's Bible" de Ben Klassen. Embora a URSS já não exista como Estado comunista, este artigo, que foi escrito antes da queda do comunismo russo, é muito revelador:

RÚSSIA, ISRAEL, E OS ESTADOS UNIDOS:

Os EUA não lutam contra o comunismo.

Uma das decepções mais flagrantes e persistentes que tem sido imposta ao povo americano desde a revolução russa de 1917 é que o governo americano está a lutar desesperadamente, mas corajosamente uma guerra perdida "contra o comunismo".
Após mais de seis décadas, a maioria do povo americano ainda acredita neste embuste, e permanece perpetuamente confusa quanto à razão pela qual os Estados Unidos, ricos, poderosos, moralmente superiores ao comunismo, estão continuamente a perder.

Centro do Poder Comunista dos Judeus Americanos.

A verdade brutal é que o estabelecimento do poder americano - governamental financeiro e de propaganda (todos dominados por judeus) não tem estado a combater o comunismo. O fato é que o comunismo é judeu desde o seu início. O comunismo é apenas uma das muitas ferramentas poderosas utilizadas no programa judaico de conquista do mundo.
Não só os Estados Unidos não têm estado a lutar contra o comunismo como a maioria dos americanos é enganada a acreditar, como, pelo contrário, os Estados Unidos têm sido o principal financiador, planejador e promotor do comunismo, não só na Rússia, mas em todo o mundo. Sem o apoio financeiro e a ajuda técnica dos Estados Unidos, a indignação judaico-comunista contra o povo russo teria caído em desgraça logo no seu início, e muitas vezes desde então. Na realidade, nunca teria sido inaugurado.

233
Formado e Financiado em Nova Iorque.

É um fato histórico que o impulso final para a tomada da Rússia pelo comunismo foi generosamente financiado e cuidadosamente planeado por capitalistas judeus ricos aqui mesmo, nos bons velhos EUA Ali, no East Side de Nova Iorque, Trotsky e 3.000 judeus foram cuidadosamente treinados para entregar a última coupe-de-grace. O empreendimento foi financiado em 20 milhões de dólares por nada menos que o próprio (judeu) Jacob Schiff da firma de Nova Iorque Kuhn, Loeb & Co., uma filial americana da rede Rothschild.
Quando chegou a altura, Trotsky e os seus revolucionários judeus treinados foram enviados de barco (no meio da Primeira Guerra Mundial) e chegaram ilesos à Rússia para fazer o seu trabalho. Uma vez lá eles sabiam exatamente o que fazer, e quando todos os mais de 30 milhões de russos brancos tinham sido assassinados e os judeus estavam completamente na sela.

O comunismo é um vigarista judeu.

Devemos recordar repetidamente que o comunismo nada mais é do que um horrível e vicioso programa judeu para dominar o mundo, camuflado com propaganda "humanitária" enganosa, como a maioria dos outros programas judeus. Pago pelos Contribuintes Americanos. O projeto judeu- comunista-marxista-sionista é tudo parte integrante do mesmo programa. É bem financiado não só com dinheiro judeu, mas mais significativamente com o dinheiro dos contribuintes, dos quais o contribuinte americano paga o grosso da factura. Não há maior fonte de bens, riqueza e produtividade do que o contribuinte americano trabalhador, e o potencial judeu para pilhar esta tremenda fonte de produtividade parece não ter limites.

Por detrás dela toda a rede judaica.

O movimento judaico comunista marxista sionista é tremendamente poderoso. Atrás dele estão todas as redes de poder judaicas do mundo. Isto inclui a sua vasta rede mundial de propaganda - televisão, jornais, notícias, revistas, impressão de livros, educação e todos os outros elogios que não só influenciam, mas também decidem a "opinião pública". Por detrás deste movimento judeu está também o poderoso sistema "capitalista" da Reserva Federal com o seu monopólio ilimitado de imprimir papel-moeda sem custos para si próprios. Em suma, por trás dele está "a mão escondida" dos judeus de todo o mundo.

Política americana hostil aos Tzares.

Foi este estabelecimento de poder que engendrou o derrube da dinastia Romanov, uma dinastia Viking que governou a Rússia durante mais de três séculos, e que a substituiu por uma tirania judaica de mão de ferro. Em relação à política americana em relação à Rússia, é interessante que antes da revolução de 1917, a política dos Estados Unidos era hostil em relação à Rússia (tal como os judeus). Favoreceu entusiasticamente o Japão na Guerra Russo-Japonesa de 1904- 05, que os japoneses venceram. Uma vez que os judeus tinham fixado o seu violento domínio sobre a Rússia e os seus vastos recursos em 1917, a política externa dos Estados Unidos fez uma reviravolta dramática (mas dissimulada) e tornou-se anti-japonesa e pró-russa.

234

Benevolente após a tomada de posse pelo comuna.

Apesar de toda a propaganda, camuflagem e fachada ao contrário, tem sido fortemente pró-russo (realmente pró-judaico) desde então. Foi a América que escorou o precário governo comunista na década de 1920 com alimentos e outras ajudas. Foi a ajuda técnica americana que construiu as suas barragens e centrais elétricas, perfurou os seus campos de petróleo e construiu as suas refinarias nas décadas de 1920 e 1930. Quando, apesar de toda esta ajuda, o colosso russo estava prestes a desabar do seu próprio peso e podridão no início dos anos 30, foi o reconhecimento oficial de Roosevelt e a extensão dos créditos financeiros que, mais uma vez, o salvou do esquecimento.
Quando os exércitos heroicos de Hitler estiveram às portas de Leningrado, Moscou e Estalingrado, mais uma vez foi a ajuda militar americana e a intervenção direta que salvou a Rússia comunista de ser varrida do mapa. Antes mesmo de a guerra ter terminado os Estados Unidos já tinham começado a enviar grandes quantidades de ajuda, bens civis - tratores, maquinaria, alimentos, no valor de 13 mil milhões de dólares. Tudo isto, mais uma vez, foi feito à custa dos contribuintes americanos, que pagam a maior parte do custo da tomada do poder pelos judeus em todo o mundo.

Salvos pela América mais uma vez.

Desde o fim da Segunda Guerra Mundial, foram os Estados Unidos que encorajaram e promoveram a tomada de controlo russo-comunista na Europa de Leste. De fato, quando a Rússia hesitou nervosamente em rolar os seus tanques para a Hungria, na revolta daquele infeliz país em 1956, foi o Presidente Eisenhower que enviou especificamente ao Primeiro Ministro Khrushchev um telegrama encorajador assegurando-lhe que os Estados Unidos não levantariam um dedo para ajudar os húngaros.

Frente Falsa e Enganosa.

Este tem sido o modus operandi das relações entre os Estados Unidos e a Rússia desde 1917. Oficialmente os Estados Unidos colocam uma frente de ser "anticomunista". Nos bastidores, ajudou, incentivou, planeou, financiou e promoveu aquisições comunistas em todo o mundo, quer em países vizinhos da Rússia na Europa Oriental, quer em países a meio mundo que estavam temporariamente fora do alcance das tropas russas.

A América ajudou à tomada de posse cubana.

Um bom exemplo desta última é a tomada de controlo "comunista" de Cuba. Sem a ajuda de propaganda da imprensa americana (leia-se judaica), Fidel Castro teria morrido como um vagabundo desconhecido, anônimo, e não cantado.
Foi a imprensa americana, especialmente o New York Times judaico, que inchou Castro como um herói nativo, como um libertador, como o Abraham Lincoln de Cuba, o George Washington da Sierra Maestra, como um reformador agrário não comunista, e o vendeu temporariamente ao povo americano como tal. Ao mesmo tempo, o nosso governo exerceu uma pressão secreta sobre o então chefe pró-americano do governo cubano, Fulgencio Batista, para deixar Cuba. Tendo sido traído pelo governo americano e as derrapagens efetivamente colocados sob o seu controlo, Batista fugiu do país e Castro entrou com o total apoio do governo americano e da imprensa (judaica) americana. Foi um estudo interessante em hipocrisia para ver como "descobrimos" lentamente que Castro era comunista, um fato bem conhecido do governo americano e da conspiração judaica, e a razão básica para a revolução em primeiro lugar.

A traição repetida dos interesses americanos.

Não é meu propósito, nesta dissertação limitada, rever a história da traição judaica aos interesses americanos e das aquisições comunistas em todo o mundo. Isto levaria literalmente toda uma enciclopédia a cobrir. Quero apenas assinalar alguns acontecimentos históricos que até o mais ingênuo leitor americano das notícias diárias conhece. A este respeito, quero apontar o dedo apenas a alguns exemplos óbvios e gritantes que qualquer pessoa pode compreender.

A traição da China.

Uma das fraudes mais flagrantes e de maior significado mundial foi manipulada pelos Estados Unidos pouco depois da Segunda Guerra Mundial, e essa foi a traição do Generalíssimo Chiang Kai-shek e das vastas multidões da China. Chiang Kai-shek tinha combatido os comunistas chineses no início da década de 1920 e finalmente venceu-os no seu jogo. Assumiu o controlo do governo chinês em 1926 e foi sem dúvida o líder anticomunista mais firme da Ásia. Foi fortemente pró-americano e lutou contra os japoneses do lado da América na Segunda Guerra Mundial. Assim que esta guerra (judaica) terminou, foi traiçoeiramente traído pelos Estados Unidos.

Marshall, um pateta comunista.

O General George C. Marshall, a quem tinham sido concedidas todas as honras que podiam ser conferidas a um militar a quem faltava tornar-se presidente, foi enviado à China para fazer o trabalho de machado de guerra em Novembro de 1945. Embora já tivesse 65 anos, de saúde precária e pronta a reformar-se, permaneceu naquele país miserável durante 14 meses, vendendo a Kai-shek aos comunistas. Que ele faria tal um sacrifício pessoal na sua idade é uma indicação da rigorosa disciplina comunista a que estava sujeito e que tinha sido durante a maior parte da sua vida adulta.

Não é possível sem a perfídia americana.

Quando Marshall deixou a China, tinha negociado um "governo de coligação" entre os nacionalistas de Kai-shek e os comunistas de Mao Tse-tung, e desarmou o exército nacionalista, que mais tarde se gabou de ter feito "com o golpe de uma caneta". Escusado será dizer que, com os nacionalistas chineses desarmados e traídos pelos Estados Unidos, Mao Tse-tung e o seu bando comunista de degoladores em breve expulsaram Chiang Kai-shek e os nacionalistas do continente chinês. Em 1949, Mao era o indiscutível mestre comunista da China, o país mais populoso do mundo. A China, com os seus 800 milhões de habitantes, tinha sido entregue ao controlo judaico-comunista através da traição americana. E assim, outro país sucumbiu à traição, feita nos Estados Unidos da América.

Seguiu-se um grande banho de sangue.

Pouco depois de os comunistas terem tomado o poder na China, seguiram-se enormes banhos de sangue. Estima-se conservadoramente que pelo menos 60 milhões de chineses foram assassinados na purga de Mao Tse-tung que se seguiu, a fim de consolidar o seu regime brutal.

Morreu um traidor. O General George C. Marshall, tendo cumprido fielmente o seu dever traiçoeiro para com os seus senhores comunista, morreu pouco depois. Alguns exemplos mais recentes deveriam ser suficientes para estabelecer o padrão. Vejamos o que se tem estado a passar no hemisfério ocidental.

A traição do Chile.

Em 1970, no Chile, tinha sido estabelecido um governo comunista, chefiado por Salvador Allende. Isto tinha sido conseguido com a ajuda de enormes somas de "ajuda" americana, e especialmente a conivência da C.I.A. americana. O povo do Chile, liderado por oficiais do exército, revoltou-se, matou Allende e reconquistou o seu governo. Ficou o governo dos Estados Unidos feliz com este triunfo sobre o comunismo? Pelo contrário, parou toda a ajuda, cortou os créditos e desde então tem levado a cabo um boicote comercial e uma campanha de propaganda contra o Chile.
237

Canal do Panamá dado aos comunistas.

Em 1979, o traidor Senado e o poder executivo dos Estados Unidos entregaram o A América construiu e possuiu o Canal do Panamá para um governo comunista tinhorn de traficantes de drogas e ladrões chefiados pelo general Torrejos. Eles não apenas o entregaram a esses criminosos de graça em uma bandeja de prata, mas também lhes pagaram bilhões para tomar esta hidrovia mais estratégica do mundo.
Isso apesar do fato de que a correspondência de alguns senadores estava correndo 200 para 1 contra essa traição descarada e traiçoeira.

Venda traiçoeira na Nicarágua.

Enquanto essa traição traiçoeira estava sendo promovida para o povo americano, a C.I.A. já estava ocupado usando o Panamá como base para lançar armas e revolucionários na vizinha Nicarágua e instigar a revolução. Aqui, novamente, nosso pérfido governo americano foi fiel à forma. Considerando que a família Somoza, que governou a Nicarágua por mais de 40 anos era fortemente pró-americana e anticomunista, no mesmo ano em que doamos o Canal do Panamá, Anastásio Somoza foi descaradamente traída e vendida rio abaixo. Com C.I.A. organização, dinheiro e armas, o país foi jogado no caos e na turbulência total e, finalmente, com os Estados Unidos dizendo a Somoza para sair, ele também fugiu do país.
Os comunistas “sandinistas” assumiram o controle e outro país anticomunista foi traído e entregue ao gigante comunista com a ajuda dos democráticos e “anticomunistas” Estados Unidos da América.

* * * * *

C.I.A. desempenha papel vital.

Neste ponto, seria útil apontar a tremenda importância da Agência Central de Inteligência na maioria das aquisições comunistas.
Durante a Segunda Guerra Mundial, o Escritório de Serviços Estratégicos foi organizado como uma super agência de inteligência, coordenando e substituindo as diferentes agências de inteligência militar dos Estados Unidos. Tinha muitos judeus e, na realidade, era uma polícia secreta judaica supra-mundial. Como sua contraparte russa, a Cheka, o O.G.P.U., o N.K.V.D., o K.G.B. e várias outras mudanças de nome no meio, assim, também, o nome do O.S.S. foi alterado para o C.I.A. Mas essencialmente seu caráter e propósito permaneceram inalterados - permaneceu (e é hoje) uma polícia secreta mundial e uma rede de espionagem a serviço dos judeus em todo o mundo, com o contribuinte americano novamente pagando a conta. Não é apenas o C.I .UMA. Uma rede de espionagem, mas também atua como um poderoso exército de intriga e engano, uma arma forte que não apenas espia, mas usa a força para fazer as coisas acontecerem.

238

Poder incrível, fundos ilimitados.

A conta para o contribuinte americano é enorme. Com fundos quase ilimitados à sua disposição e um enorme exército de mão de obra a seu serviço, o poder e a influência do C.I.A. no mundo em geral é impressionante e assustador de fato.
Nem o Congresso nem o presidente sabem realmente quantos bilhões são gastos a cada ano por essa poderosa agência de polícia secreta. Tampouco estão cientes das trapalhadas ou maquinações em que estão envolvidos. Tudo isso é camuflado sob o pretexto de “sigilo”, “segurança nacional”, “proteção de nossos agentes”. A C.I.A. está completamente fora do controle dos tribunais, do Congresso ou do Poder Executivo. Na verdade, os próprios membros visíveis do governo têm medo e estão muito à mercê do C.I.A.

Um Exército Criminal.


Também não há limites para as táticas em que o C.I.A. pode envolver. Assassinato, plantação de propaganda falsa, mentira, roubo, assassinato, traição, planejamento de revoluções e “truques sujos” de qualquer natureza estão em seu arsenal de rotina de promoção do programa judaico. Isso não é tudo. Configurando empresas fictícias, falsos movimentos políticos, impressão de jornal temporário, manipulação de eleições, apoia a candidatos e movimentos políticos, destruição de outros, tudo isso também faz parte de seu saco de truques.

Opere também em solo americano.

Nem são suas operações limitadas a solo estrangeiro. Qualquer cidadão americano que seja leal ao seu país, ou é pela raça branca, ou quer expor a conspiração judaica, ou é anticomunista, é um jogo justo para o poderoso e traiçoeiro C.I.A. bem aqui em nosso território. Eles fazem isso em perfeita colaboração com o F.B.I. De mãos dadas, eles se infiltrarão em organizações domésticas, partidos políticos e construir ou destruir qualquer grupo, facção ou indivíduo que considere adequado.

Ferramenta dos judeus.

O que eles acham adequado é sempre no melhor interesse dos judeus para a destruição da raça branca. Antes de deixarmos o assunto da inteligência, existem algumas outras armas da espionagem judaica que devo trazer à luz neste ponto.

Polícia da mente.

Uma vez que os judeus nos últimos milhares de anos têm praticado a conspiração mais cruel da história, ou seja, a destruição e o controle de todos os outros povos - eles têm sido fanáticos a ponto de ficarem paranoicos em espionar e reunir informações sobre seus inimigos . E isso é compreensível.
Já que o crime hediondo que eles estão cometendo é todo baseado em segredo e engano, segurar a tampa de sua conspiração é um negócio altamente precário. Assim, eles entram freneticamente em todos os tipos de dispositivos, organizações de espionagem e meios de reunir inteligência que desconcertariam os limites da mente dos gentios.
Os judeus não querem apenas saber o que seus inimigos (todos são seus inimigos) estão fazendo, eles também querem saber o que podem estar planejando. Na verdade, na medida do possível, eles querem saber o que todos estão pensando antes que tal pensamento possa ser traduzido em ação.

Rede de jogos de espionagem.

Portanto, eles têm todos os tipos de redes de espionagem e inteligência operando em todo o mundo. Além do C.I.A., o F.B.I., o russo K.G.B. e outros já mencionados, há mais dois que quero destacar, um na América, o outro em Israel. O A.D.L. O A.D.L., abreviação de Liga Anti-Difamação, é na América.
Ostensivamente, ele pretende salvaguardar os interesses judaicos e prevenir a propagação do "antissemitismo". Por que os judeus achavam isso necessário quando ingleses, alemães, italianos ou outros grupos étnicos achavam tais salvaguardas desnecessárias, eles nunca explicaram. Mas, na realidade, o A.D.L. é muito, muito mais do que isso.
Presumivelmente uma ramificação da judia B’nai B’rith, é realmente a principal força motriz desta roupa judaica. Na realidade, é uma operação de espionagem poderosa e bem financiada dentro de nossas próprias fronteiras, que não apenas coleta informações sobre políticos, organizações cívicas, diversos indivíduos,
Mas sobre tudo e qualquer coisa que eles até mesmo suspeitem pode explodir a tampa da conspiração judaica. Eles têm arquivos enormes e computadores eletrônicos que rivalizam com o F.B.I. a C.I.A. em si, e qualquer informação do F.B.I. ou C.I.A. pode ter que seja considerado útil para o A.D.L.

Operação de Censura

As atividades da A.D.L. vão muito além. Eles são extremamente ativos na política - promovendo aqueles que são úteis para os judeus e destruindo aqueles que podem ser considerados não cooperativos. Eles também monitoram todos os livros, revistas, jornais, todas as mídias de notícias, movimentos ou qualquer coisa - qualquer coisa que possa afetar a conspiração judaica - e isso inclui quase tudo de qualquer significado que acontece neste país.

240

Propaganda Plantada.

Eles inventam agressivamente, se necessários, histórias de notícias e as colocam no meio da mídia de notícias - TV, jornais, etc. Eles não apenas publicam um grande número de artigos para divulgação, mas também publica um grande número de livros que também são favoráveis a Israel e aos judeus ou atacar violentamente seus inimigos.

O Mossad, a super-rede espiã.

A outra organização de espionagem judaica de grande importância mundial é aquela com sede em Israel. É conhecido como Mossad. É o aparato central de coleta de inteligência judaica para todo o mundo. É a rede super-supra-espiã de toda a história. Qualquer coisa do americano C.I.A. sabe que é útil para os judeus (quase tudo) é canalizado para o Mossad. Tudo o que o russo K.G.B. sabe que é útil é canalizado para o Mossad. Da mesma forma com o aparato de coleta de informações na Alemanha, França, Itália e em todo o mundo, tudo é canalizado para o Mossad.
Quase nada de significativo acontece em qualquer parte do mundo, exceto o que está logo catalogado nos enormes computadores do Mossad em Israel.
Criminosos mortais.
Mas o Mossad vai muito além de apenas espionar e reunir informações de todo o mundo. Como o A.D.L., é violentamente agressivo e continuamente na ofensiva. Tem esquadrões de assassinos bem treinados que correm desenfreadamente na maioria dos países do mundo, especialmente nos Estados Unidos. Estabelece organizações paramilitares como a Liga de Defesa Judaica, ou clubes judaicos de armas treinados para matar gentios com habilidade.
Os membros do Mossad têm o domínio dos Estados Unidos com pouca ou nenhuma oposição de “nossas” agências de aplicação da lei, enquanto grampeavam telefones, grampeavam embaixadas, diplomatas estrangeiros, até mesmo a Casa Branca e todo e qualquer ramo do governo dos Estados Unidos. Resumidamente, não apenas os Estados Unidos, mas o mundo todo é seu território indiscutível, e o Homem Branco (sua principal vítima) não apenas não lhes dá oposição, mas paga a conta e mal sabe que existem.

241

Corrida desenfreada sobre os governos mundiais.

Sem dúvida, o Mossad é a gangue de criminosos internacional mais perigosa, cruel e sanguinária que o mundo já conheceu, correndo desenfreada e violenta sobre todas as leis e governos em todo o mundo, com pouca ou nenhuma oposição. Como o C.I.A., é mundial ampla e paralela muitas de suas operações com esta diferença: Considerando que o C.I.A. está sediado nos Estados Unidos, o Mossad está sediada em Israel; enquanto o C.I.A. é operado por uma mistura de judeus e gentios, o Mossad é todo judeu; enquanto o C.I.A. compartilha livremente suas informações com o Mossad, este último nada dá ao C.I.A . É estritamente uma rua de mão única, tudo levando à supremacia judaica exclusiva e à tirania sobre o “goy” do mundo.
* * * * *
Antes de deixarmos essa conspiração infame da Rússia, Israel, judeus e do governo dos Estados Unidos, há dois outros aspectos dessa combinação nefasta que devo esclarecer.

Ajuda estrangeira a todos.

Um é a questão de a América distribuir ajuda externa (dinheiro dos contribuintes) a cada mendigo desprezível do mundo. No momento, eu entendo que estamos distribuindo ajuda externa a 116 países no mundo. Esta é uma das peças mais insanas de pirataria já imposta a qualquer grupo de contribuintes na história do mundo.
Os contribuintes americanos nunca tiveram a oportunidade de votar ou expressar sua opinião sobre este flagrante roubo, mas isso continua ano após ano. Por 35 anos, os contribuintes americanos sangraram e, neste momento, não há indicação de que isso vá parar ou mesmo diminuir.

242

Supostamente para subornar países do comunismo.

O truque em toda esta fraude fraudulenta é este: foi inaugurado como o Plano Marshall para impedir os países de "se tornarem comunistas". Seu nobre objetivo parecia ser para lutar contra o comunismo. Em outras palavras, tentamos suborná-los, comprá-los, tirá-los do comunismo com dinheiro, supostamente ganhando amigos para o nosso lado. Essa supostamente, era a ideia, nos disseram. Na verdade, estamos subsidiando o comunismo. As realidades eram um tanto diferentes.
Na verdade, estávamos apoiando países comunistas vacilantes, incluindo o grande, a Rússia. Antes mesmo de a Segunda Guerra Mundial ser concluída, despachamos mais de 13 bilhões de dólares em produtos domésticos, incluindo tratores, geladeiras e tudo o mais. Se estivermos tentando combater o comunismo, por que subsidiá-los?
Hostil aos países anticomunistas.
Na prática, estávamos subsidiando o comunismo, não o combatendo. Usamos nossa tremenda riqueza como um clube para empurrar os países para o comunismo. Nós o usamos como uma cunha para obter nosso C.I.A. em seu meio e manobrar sua política de tal forma que os judeus e os comunistas, mais cedo ou mais tarde, ganhariam o controle.
Em países como Chile, onde eles expulsaram os comunistas por conta própria (não graças ao governo dos EUA), nós os pressionaríamos duramente, boicotá-los-íamos (como também na Rodésia) e usaríamos pressão econômica para levá-los de volta ao judaísmo. Dobrar. EUA trai amigos, recompensa inimiga.
Como resultado de toda esta fantástica oferta
Distante no valor de centenas de bilhões de dólares, a maioria dos países do mundo perdeu completamente o respeito pela América. Eles desconfiam intensamente de nós e nunca fomos tão odiados por tantos. E por um bom motivo. Os Estados Unidos (controlados por judeus) praticaram repetidamente a traição, tanto para seu próprio povo quanto para seus amigos estrangeiros.
Traiu e puniu sistematicamente seus amigos (como Rodésia, Somoza, Batista, Chile, etc.) e recompensou generosamente seus “inimigos” comunistas. Não é de admirar que o resto do mundo desconfie e despreze os Estados Unidos.
243

Alemanha sob ocupação militar.

A outra questão é a manutenção das forças ocupacionais americanas na Alemanha pelo período interminável de 35 anos após a derrota de um ex-inimigo, algo que os Estados Unidos nunca fizeram antes em sua história. Isso também é uma fraude gigantesca. Supostamente, temos tropas lá para “proteger” a Alemanha de um ataque russo.
O fato é que a Alemanha poderia ter se protegido muito bem da Rússia comunista e teria limpado aquele ninho de víboras no início dos anos 40 se não tivéssemos interferido.

Verdadeira razão:

Para proteger os judeus. A verdadeira razão pela qual nossas tropas foram mantidas na Alemanha nesses 35 anos e, sem dúvida, permanecerá por mais 35 anos, é para manter o povo alemão subjugado para que eles não revivam o movimento de Hitler e se voltem contra os judeus. Resumidamente, nossas tropas estão lá com o único propósito de proteger os judeus dos alemães e impedir que os alemães estabeleçam um governo de sua própria escolha. Sim, essa é a verdadeira e única razão para não proteger a Alemanha da Rússia comunista.

* * * * *
Estado de banditismo artificial.

Agora chegamos àquele outro ninho de víboras, o próprio estado bandido de Israel. Esta monstruosidade artificial deve sua própria existência ao poder do dinheiro combinado do Judaísmo Internacional, o C.I.A., a mídia de notícias e a fachada conhecida como o governo dos “Estados Unidos”.

Parasita total.

Devemos lembrar que os judeus são parasitas totais e realmente não querem viver em um país próprio.
Os parasitas não podem viver uns dos outros e devem viver em um hospedeiro produtivo. Por esta razão, os judeus não querem, e nem mesmo se quisessem, podem viver em seu próprio país. Por milhares de anos, eles, mais do que qualquer outra pessoa, tiveram ampla oportunidade de se reunir e construir seu próprio país. Eles nunca quiseram e nunca farão. Eles permanecem eternamente o que sempre foram - parasitas.

Razões para configuração.
Então, por que eles se esforçaram tanto para roubar a Palestina dos árabes e criar essa monstruosidade artificial chamada Israel? As razões são múltiplas, todas destinadas a ajudar e estimular o programa judaico para a conquista do mundo.
1 - Provavelmente, a razão mais importante foi reforçar e unificar a ideologia decadente da base judaica.
Tão bem-sucedidas e tão ricas se tornaram as gerações recentes de judeus que muitos dos judeus mais jovens estavam se confraternizando e se casando com gentios. Devemos nos lembrar dessa inimizade, o ódio e a luta têm sido historicamente a base que transformou a raça e a religião judaicas no sólido aríete que lhes trouxe o sucesso fenomenal que agora ostentam. Em muito sucesso também pode ser a sementeira de sua própria desintegração. Com o sionismo, a “pátria” israelense e a luta para defender e expandir Israel, o povo judeu criou novos inimigos e, assim, recuperou um tremendo impulso de fervor e solidariedade que aparentemente “confirmou” seus mitos religiosos e os transformou em uma realidade tangível.
244
2 - Israel foi projetado para se tornar o centro do governo mundial. É seu plano mover as Nações Unidas para Jerusalém e governar o mundo a partir de Sião. “A lei sairá de Sião.” É sua intenção governar os goyim de “Sião”, onde podem fazê-lo sem qualquer interferência de vigilância alienígena ou distúrbios.
3 - Ter “Israel” e Jerusalém como sua casa base deu uma qualidade religiosa e mística ao seu movimento de conquista do mundo. Ele convence muitos de seu próprio povo, bem como milhões de caipiras goy, de que "Deus" está do lado deles e que os judeus são "o povo escolhido de Deus". Isso é o que se chama de self- cumprindo profecias que os judeus foram astutos o suficiente para transformar em poder real e em bilhões de dólares e centavos.

4 - Fornece um refúgio seguro e tranquilo para aquela agência de inteligência supra-assassina, o Mossad, que já descrevemos.

5. Há uma série de outras razões que foram apresentadas, como (a) a enorme riqueza de minerais preciosos contidos nas águas turvas do Mar Morto, (b) os judeus (com a ajuda do poder dos Estados Unidos) irão expandir e assumir as terras árabes e os ricos campos de petróleo do Golfo Pérsico, (c) é um lugar de refúgio se as condições mundiais se tornarem muito hostis para os judeus, (d) outras razões menores.
Em minha opinião, as primeiras quatro razões apresentadas são de longe as mais importantes e a quinta categoria é comparativamente menor, especialmente o nº 5 (c) de que poderia ser um refúgio em uma crise. O fato é que os judeus sempre serão um parasita mortal nas costas das nações produtivas do mundo, ou não serão nada.
Uma vez que eles sejam expulsos do poder nas nações brancas do mundo, toda a sua estrutura de poder entrará em colapso rapidamente. Israel entrará em colapso rapidamente com ele. Na verdade, os próprios árabes logo desprezariam o estado bandido de Israel assim que os judeus perdessem o controle sobre os centros de controle das nações brancas do mundo, especialmente os Estados Unidos. Israel viveu pouco sem subsídios. O fato é que dentro de Israel há turbulência, dissensão, ódio e desintegração. Os judeus não provaram que poderiam construir sua própria nação ou viver com eles mesmos. Pelo contrário, sem as contínuas transfusões de sangue financeiras da Alemanha, os Estados Unidos e outros países “goyim”, Israel não poderia durar seis meses. Mesmo com toda essa ajuda de fora, tem uma das maiores taxas de inflação do mundo. Só os Estados Unidos, em 1979, subsidiou Israel no valor de US $ 10.000 por família de quatro pessoas em Israel.
Além disso, a Alemanha está pagando indenizações pelo falso “holocausto” da ordem de um bilhão de dólares por ano. Os judeus em Nova York, Miami Beach e outros lugares arrecadam US $ 300 milhões a cada ano para “títulos israelenses” (uma fraude) e os enviam sem impostos para Israel.
No entanto, apesar de todo esse tremendo subsídio externo de Israel, o parasita está em uma contínua turbulência política e em uma situação financeira precária e vacilante, um verdadeiro parasita sem futuro próprio.

245
* * * * *

Resumo. Em suma, podemos concluir com segurança:

Que o comunismo, o marxismo e o sionismo se combinem com o capitalismo para cumprir um único e mesmo objetivo - a conquista do mundo pelos judeus.
Que os Estados Unidos não estão lutando contra o comunismo, mas, pelo contrário, estão firmemente nas garras da rede judaica que usa a riqueza, poder e prestígio dos Estados Unidos para trair e dominar um país após o outro, tudo na falsa batalha de "lutar contra o comunismo".
O C.I.A. e o F.B.I. são a polícia secreta e o braço forte da rede judaica. Nunca, nunca confie em seus agentes nem colabore com eles de forma alguma.
Não precisamos olhar para a Rússia como o verdadeiro inimigo dos Estados Unidos. O povo russo gostaria de tirar o macaco judeu-comunista de suas costas tanto quanto qualquer um e teria tido sucesso há muito tempo se não fosse pelas maquinações dos Estados Unidos. O verdadeiro inimigo reside aqui mesmo em nosso próprio país, especialmente em Nova York e Washington.

5. Somente reunindo o poder total da Raça Branca e organizando-o sob uma poderosa religião racial como a CRIATIVIDADE pode esperar quebrar a espinha dorsal da tirania judaica marxista-comunista-sionista.

246

Bolchevismo Judaico: Genocídio Branco no Século 20

Existem algumas alegações de que Stalin matou 13 milhões de gentios. Stalin matou muito mais de treze milhões. Ele matou mais de quarenta milhões. Ele matou cerca de treze milhões sozinhos no holodomor, que foi um verdadeiro holocausto feito pelos judeus aos ucranianos, sozinho.
Sumo Sacerdote Hooded Cobra

247

Holocaustianismo

Hoje o mundo está sob as garras de uma nova religião: Holocaustanidade. Este programa é projetado para atribuir significados à sua agenda. E exerce um feitiço poderoso sobre as mentes dos gentios. É uma propaganda poderosa nos objetivos da agenda judaica. Sua premissa é a base para inúmeras leis especiais.

Tornando os judeus além da crítica. E uma ferramenta para silenciar todos os debates e rolar qualquer um que se oponha à sua agenda. Para deslegitimar todas as informações que os expõem junto com aqueles que o fazem. E dá a eles precedentes morais para a capital do estado judeu em Israel. E o sistema mundial maior que desejam governar de Israel.
É também um esteroide poderoso para a ideologia marxista cultural [nome real do PC]. Que é projetado para destruir qualquer psicologia orgânica saudável ou instituição material por sua natureza. Impede a destruição e assimilação judaica de sua nação. Nas garras da Ordem Mundial Judaica.
Para entender a verdade, o judeu tornou ilegal em muitas áreas encobrir esse assunto [a verdade não teme a investigação]. Nós olhamos o que realmente estava acontecendo e iluminamos esta situação.
O Judeu Internacional manipulou a existência da Grande Guerra, que varreu a Europa.
A razão para isso foi destruir a velha ordem da Europa e manifestar a situação para a tomada do poder comunista internacional. E deixá-los mantendo todo o Ocidente em dívida com seus bancos. Isso atua na primeira parte. Durante a guerra, no entanto, algo inesperado aconteceu.
Em 1915, o Kaiser alemão percebeu que essa guerra não era o impulso rápido para a vitória, conforme planejado. E estendeu uma oferta de paz à Inglaterra. Para terminar a guerra com a Alemanha recuando para as fronteiras anteriores a 1914. Ele afirmou que a guerra estava destruindo o melhor da jovem geração da Europa.
Como Freedman, que foi um grande jogador no Judaísmo Internacional, confessou. Os judeus na Inglaterra então fizeram um acordo com a outra metade do governo: eles pegariam seus irmãos na América. Para puxar a América para a guerra em troca da Palestina como um estado judeu. A facção gentia querendo quebrar o Império da Alemanha e a rivalidade econômica internacional.
Essa era a política tradicional inglesa ao lidar com as potências da Europa continental. Concordou.

248
Wilson, o presidente americano que, por sua própria confissão e pela confissão de Freedman, não passava de uma ferramenta de interesse judeu. [Ele foi aprovado no ato do Fed]. Logo depois de ser eleito por uma política de não intervencionismo na guerra na Europa. O governo americano votou a favor da guerra com a Alemanha e seus aliados na Europa.
http://groups.yahoo.com/group/JoSNewsletter/message/275
O tempo todo isso estava acontecendo. Os judeus estavam fortalecendo seus movimentos comunistas na Europa. Em 1917, a elite judaica alemã criou secretamente uma situação com suas conexões na Rússia. Para enviar um trem blindado fechado carregando grandes somas de dinheiro para a ajuda comunista e levando um passageiro secreto. O judeu, Lênin cruzou a fronteira com a Rússia. O resto é história.
O tempo todo isso estava acontecendo. Os judeus estavam fortalecendo seus movimentos comunistas na Europa. Em 1917, a elite judaica alemã criou secretamente uma situação com suas conexões na Rússia. Para enviar um trem blindado fechado carregando grandes somas de dinheiro para a ajuda comunista e levando um passageiro secreto. O judeu, Lenin do outro lado da fronteira com a Rússia.
O resto é história.
Durante esse tempo, os judeus na Alemanha estavam fazendo o mesmo, na Rússia. Usando as condições extremas que a guerra impôs à população. Explorar cada tema e questão para gerar um poderoso movimento comunista.
Eles também estavam espalhando propaganda derrotista na sociedade alemã, que abriu caminho para frente com os novos recrutas. Os judeus fizeram o acordo na Inglaterra simplesmente para manter a guerra em andamento. Eles não tinham intenção de querer que a Alemanha vencesse. Com um forte Império Alemão. O comunismo nunca teria sucesso na Europa.
O controle da Alemanha foi a chave para sua vitória em grande parte do continente.
Houve grandes levantes de estilo comunista manipulado por judeus no Império Alemão no século anterior. Isso foi esmagado. A velha ordem também esmagou a revolta comunista da Comuna de Paris. Eles precisavam que eles fossem para vencer.
Durante esse tempo, os judeus na Alemanha estavam fazendo o mesmo, na Rússia. Usando as condições extremas que a guerra impôs à população. Explorar cada tema e questão para gerar um poderoso movimento comunista. Eles também estavam espalhando propaganda derrotista na sociedade alemã, que abriu caminho para frente com os novos recrutas.
Os judeus fizeram o acordo na Inglaterra simplesmente para manter a guerra em andamento. Eles não tinham intenção de querer que a Alemanha vencesse. Com um forte Império Alemão. O comunismo nunca teria sucesso na Europa. O controle da Alemanha foi a chave para sua vitória em grande parte do continente.
Houve grande manipulação de judeus, Levantes de estilo comunista no Império Alemão no século anterior. Isso foi esmagado. A velha ordem também esmagou a revolta comunista da Comuna de Paris. Eles precisavam que eles fossem para vencer.
A Alemanha lançou sua última grande ofensiva da guerra em 1918. Isso iria terminar a guerra antes que a América pudesse chegar com força total contra eles.
O resultado foi que as forças alemãs venceram a guerra. Os franceses estavam fora de ação. O único exército inglês entre eles e Paris fora destruído. Então veio a punhalada nas costas. Os judeus causaram uma revolta comunista entre os trabalhadores, a população e a Marinha. A desmoralização judaica do Exército e da Frente Interna se uniu nisso. Com isso A traição de origem judaica, a ofensiva perdeu força e a guerra foi perdida. Dois milhões de homens acabaram de morrer em quatro anos de guerra, para serem traídos pelos judeus.
O tratado que o Judeu Internacionalista impôs à Alemanha foi planejado no grande momento. Para enfraquecer a Alemanha para os judeus assumirem o controle por meio de suas redes de comunismo.
Os judeus foram direto ao trabalho, suas brigadas marxistas culturais começaram a atacar muitos aspectos da cultura alemã e da alma nacional. Encher os alemães de ódio a si mesmo e vergonha de ser alemão. Desmoralizando-os para o mergulho comunista final.
Os judeus tentaram puxar a Alemanha para o comunismo pleno por meio de táticas violentas de aquisição, como a revolta de Spartacus. Isso foi planejado para acabar com a Alemanha. Da mesma forma que os judeus fizeram com a Rússia. Foi o sinal para o início do fim de uma Alemanha livre.
249

Nisso, a sociedade Thule foi a força que se opôs aos planos judaicos e foi a única força capaz de combatê-los efetivamente. Aqui está um exemplo do que estava acontecendo em alemão com os comunistas judeus:
“Os marxistas perceberam que sua revolução teria que se acelerar, pois não ganhariam nas urnas”. Em Berlim, os judeus Karl Liebknecht e Rosa Luxemburgo reuniram 100.000 apoiadores, duas mil metralhadoras e 30 peças de artilharia. Eles invadiram Berlim, assumiu a maioria dos edifícios do governo e declarou o governo Ebery derrubado por sua gloriosa revolução comunista.
Em 10 de janeiro, Noske e 30.000 ex-soldados voluntários invadiram Berlim.
Eram homens altamente disciplinados acostumados a carnificinas e massacres na frente. Eles brutalmente romperam e dizimaram os 200.000 defensores, embora amplamente superado e com menos equipamento. Os líderes da revolução vermelha foram mortos a tiros ou baionetas. A gloriosa revolução comunista em Berlim não durou uma semana. ”
O Free Corps que derrotou com sucesso as tropas comunistas judaicas [Rotfrontkämpferbund] várias vezes em Weimar estava no topo organizado pelos satanistas da Sociedade Thule que salvou a Alemanha das garras da morte judaica literalmente na 11ª hora. Você pode ver os emblemas sagrados de Thule nos Capacetes de cultivo livres:
250

“O Free Corps retomou Munique e ficou furioso porque os soldados russos que haviam derrotado recentemente estavam agora armados e ativos contra eles mais uma vez”. Depois que a cidade foi tomada, o Free Corps marchou pela cidade com os emblemas da suástica em seus capacetes. Multidões aplaudindo alinharam-se nas estradas para agradecer a seus libertadores.
Os judeus também estavam destruindo a Alemanha através das redes do crime organizado que estavam bombeando drogas e sujeira para as cidades. E os judeus em geral estavam envolvidos em mil golpes para roubar a riqueza e propriedade dos alemães.
Judeus ricos se sentavam nas janelas do restaurante e provocavam e zombavam do povo alemão faminto que ficava do lado de fora, que não comia há dias devido à situação econômica. Um milhão de pessoas morreram de extrema pobreza nesta época. Devido aos efeitos do judaísmo internacional em sua nação.
Os banqueiros judeus criaram propositalmente a grande depressão para roubar a riqueza dos gentios e ajudar a criar a situação para fazer sua revolução comunista ganhar poder por meio de problema, reação, solução. Tudo podre e prejudicial na Alemanha neste momento estava transbordando no topo com judeus. Como Hitler corretamente observou.
É o mesmo hoje no mundo ocidental. Os judeus atacaram a Alemanha quase até a morte. Alemanha, a mesma nação que confiou neles e os tornou parte integrante de sua vida de boa fé.
Então, contra todas as probabilidades, algo finalmente mudou o que pôs fim a toda essa tentativa de assassinato contra o povo e a nação alemães.
“Ao apresentar-nos ao público como Nacional-socialista com esta concepção da verdadeira força de um Povo sabe que hoje toda a opinião pública está contra nós. Mas este é de fato o significado mais profundo de nossa nova doutrina, que como uma visão de mundo nos separa dos outros. - Adolf Hitler “O Segundo Livro”
Essas palavras foram escritas em 1926, quando o Partido lutava pela sobrevivência da Alemanha com cem mil votos:
Três anos depois, o Partido Nacional Socialista recebeu dois milhões de votos. A próxima eleição treze milhões de votos. A próxima eleição Hitler foi o Chanceler da Alemanha.
251

A verdade havia vencido.
Com a nova ordem do governo de Hitler foi restaurada pela primeira vez. Isso foi feito prendendo em massa os elementos criminosos que haviam inundado a Alemanha, em parte devido aos efeitos naturais da pobreza extrema. Os esquadrões de vigilantes estavam matando elementos criminosos,
nas ruas em uma tentativa desesperada de salvar suas comunidades e proteger a si e suas famílias. O que isso significava é que hordas de cafetões, traficantes de drogas, criminosos profissionais, criminosos [não diferente de judeus, Wall Street, hoje] e as pessoas em geral que povoam qualquer prisão eram detidas e colocadas em novos campos.
Como as prisões padrão já estavam superlotadas. Isso fazia parte do pensamento socialista progressista. Que por meio do trabalho árduo um pessoal poderia ser reformado em um ser humano moral e reintegrado à sociedade.
Não é por acaso que uma grande porcentagem desses indivíduos era judia. Para uma pequena minoria da população. Eles constituíam a maior parte de seu elemento criminoso em todas as áreas.
Os vários e mais milhões, comunistas na Alemanha com ordens e fundos de uma importante base do judaísmo internacional.
Moscou [nenhum erro russo foi encontrado entre os Reds na Alemanha antes]. Planejou mais uma revolta violenta contra o governo recém-eleito. O que é fiel ao estilo deles. Eles não respeitam o direito das pessoas à autodeterminação. O incêndio do Reichstag pelos comunistas foi o sinal dessa revolta.
Isso fez com que o governo alemão tivesse que declarar a lei marcial. E prender a liderança comunista. E colocá-los nos novos campos de detenção. Para impedir que essa revolta aconteça. 98% da liderança comunista na Alemanha eram judias. Com o primeiro lugar é todo judeu.
Isso é o que o governo Hitler estava lutando para impedir que acontecesse à Alemanha e ao resto da Europa:
Groups. yahoo.com/group/JoSNewsletter/message/282
O regime comunista judeu no Leste, pelo registro, assassinou mais de 60 milhões de seres humanos. Muitos em campos de extermínio organizados, todos administrados por judeus.
252
Ninguém foi colocado em campos por ser judeu. Mas os judeus foram colocados em campos em massa por seu comportamento criminoso e judeu. Basta ler o Talmud para entender o porquê. O Judaísmo é uma raquete do crime organizado contra o mundo gentio.
Havia uma razão para a população judaica na Europa ter sido tradicionalmente transferida para guetos com altos muros ao redor deles.
Portões que ficavam trancados à noite e guardados por vigias armados. Com todos os judeus tendo que estar dentro antes do anoitecer. Era para proteger os gentios dos judeus. O Czar teve que movê-los para o Pale pelas mesmas razões.
O plano era realocar os judeus para sua própria região e fora da Europa. Esta foi a única “Solução Final.
“Como historiadores honestos que perderam suas carreiras e foram presos por serem honestos”. Anotei o tempo novamente. Já que os judeus quase aniquilaram a Alemanha, enviando milhões de alemães para seus túmulos, em troca da confiança da Alemanha neles. O governo tomou o melhor e mais humano curso de ação com eles.
Eles poderiam tê-los matado neste momento, mas não o fizeram. Freeman admite tudo isso. Germânicos estavam negociando com os sionistas para ajudar a realocá-los para outra área onde teriam autodeterminação e separação. Os judeus não foram reunidos ou colocados em campos por causa disso. Foi um movimento voluntário. Muitos judeus simplesmente queriam partir, pois não podiam mais ganhar a vida de meios desonestos.
Então, como Freedman declara, os líderes do judaísmo mundial se reúnem com os representantes do estado alemão. E ordenou-lhes que devolvessem todos os seus companheiros judeus. De volta às posições de poder com as quais eles quase destruíram a nação. Ou enfrente a guerra com as nações que os judeus internacionais controlavam. Os alemães recusaram. O primeiro ato foi um embargo econômico imposto à Alemanha que deixaria um terço do povo alemão morrendo de fome. Os judeus estavam tentando quebrar a Alemanha por dentro para colocá-la de volta sob seu controle para seu objetivo final. Isso falhou. E os judeus empurraram o mundo para a guerra com a Alemanha.
Para saber a verdade sobre o que realmente aconteceu:
groups.yahoo.com / group / JoSNewsletter / mensagem / 328
Durante a guerra, o governo alemão descobriu que todas as organizações subversivas em seu território, mesmo dentro da Alemanha. Isso estava atacando seus civis e tropas, espionando para os Aliados [de Judá] e tudo mais para derrotar o esforço de guerra. E custou a guerra à Alemanha, assim como na Grande Guerra. Onde todos são judeus e onde trabalham com as redes internacionais judaicas por trás dos governos dos Aliados. Para lidar com esta vasta quinta coluna judaica. O que era literalmente internacional.
Eles simplesmente fizeram o que a América fez com os japoneses que viviam na América durante a Segunda Guerra. Eles os colocaram em campos de internamento. Como medida de segurança na guerra.
Tudo o que aconteceu foram devido ao fato de a Alemanha ter sido destruída pelos Aliados [de Judá] bombardeios diurnos e noturnos, destruindo toda a infraestrutura da Alemanha.
Milhões de civis alemães já estourando e fervendo couro de sapato para tentar se mantiver vivo. E milhares foram mortos nos bombardeios. Isso visava civilizações com propósitos talmúdicos. Os campos eram constantemente bombardeados pelos Aliados, pois eram centros industriais.
As pessoas que morreram nos campos simplesmente morreram pelos mesmos motivos que centenas de milhares de alemães morreram. Foi um efeito natural da guerra e nada mais. Como já foi provado inúmeras vezes, mesmo durante um julgamento no tribunal. Não houve câmaras de gás homicidas ou extermínio organizado de judeus. Mesmo os judeus que estavam nesses campos nunca mencionam isso.
A Cruz Vermelha manteve observadores nos campos o tempo todo e nada disso foi declarado. Foi isso que Freedman também confessou.
Prova:
www.youtube.com/watch?v=l0JGN_Ixr7s gblt. webs.com/Holocaust_Hoax.htm

253

As únicas pessoas sendo exterminadas propositadamente em campos foram os europeus orientais nos campos de extermínio operados por judeus dentro da URSS. E depois da guerra, os Aliados de Judá. Campos de P.O.W. Os mais de 50 mil soldados alemães se renderam muitos deles com apenas 15 anos. Sob encomendas do judeu Eisenhower.
A grande razão pela qual os judeus criaram essa mentira.
Era para esconder a verdade. Que os alemães tiveram que colocá-los em campos. Para se proteger dos judeus. Assim como muitas nações fizeram em seu próprio caminho, desde a Pálida até o Gueto murado e protegido.
254
Eles tiveram que transformar Hitler em um ícone do mal. Porque se você contar a verdade sobre Hitler. Você fala a verdade sobre os judeus.
“O judeu está imunizado contra todos os perigos: pode-se chamá-lo de canalha, parasita, vigarista, aproveitador, tudo escorre dele como a água de uma capa de chuva”. Mas chame-o de judeu e você ficará surpreso com a forma como ele recua, quão ferido ele está, como de repente ele recua: "Fui descoberto." - Joseph Goebbels.
255
Lenine, ó Judeu.
Observe que os judeus foram mantidos sob controle pela segurança dos gentios, pois eles viveram lado a lado com esses monstros por séculos e sabiam que o isolamento deles, tanto quanto possível, era uma solução melhor. Esses mesmos judeus foram expulsos de 109 nações em massa.
O único czar russo Alexandre o Segundo que foi estúpido o suficiente para realmente conceder aos judeus liberdade e direitos foi agradecido por ser ASSASSINADO pelos mesmos kikes em troca. Que isso sirva de lição para todos.
Este artigo também é uma lição de propaganda kike por meio de mentiras e manobras de simpatia.
Eles vão lhe dizer a verdade, Lênin como Marx antes dele era um kike, mas depois tente fazer os mesmos kikes que conquistaram a Rússia com terrorismo e assassinato em massa, mentiras e vil.
Em seguida, procederam ao genocídio de sessenta mais milhões de europeus orientais inocentes, muitos em campos de extermínio onde os imates eram obrigados a comer suas próprias fezes pelos guardas kike, entre outras crueldades talmúdicas. Em sua tentativa de construir um estado escravo judaico-comunista global e decretar o Talmud no mundo.
Que eles foram vítimas magicamente pobres de liette o tempo todo * fareje, fareje * Enquanto eles cortam a garganta de milhões de inocentes.
www.thestate.com/2011/05/23/1831... z1NWlSLBTi
Museu de Moscou mostra as raízes judaicas de Lênin.

Por MANSUR MIROVALEV - Associated Press E-Mail

MOSCOU - Pela primeira vez na história, os russos comuns agora podem ver documentos que parecem confirmar rumores de longa data de que Vladimir Lênin tinha herança judaica.

256

Entre dezenas de documentos recém-lançados em exposição no Museu de História do Estado está uma carta escrita pela irmã mais velha de Lênin, Anna Ulyanova, dizendo que seu avô materno era um judeu ucraniano que se converteu ao cristianismo para escapar do Pálido de Assentamento e obter acesso ao ensino superior.
Na foto desta quarta-feira, 18 de maio de 2011, um visitante vê um desenho que mostra Vladimir Lênin ladeado por Felix Dzerzhinsky, à direita, e Yakov Sverdlov na Praça Vermelha, em exibição na exposição no State History Museum em Moscou, Rússia. Pela primeira vez, os russos comuns agora podem ver documentos que parecem confirmar os longos rumores constantes de que Vladimir Lênin tinha herança judaica.
“Ele vinha de uma família judia pobre e era, de acordo com sua certidão de batismo, filho de Moses Blank, natural de (cidade ucraniana ocidental de) Zhitomir”, escreveu Ulyanova em uma carta de 1932 a Josef Stalin, que sucedeu a Lênin depois sua morte em 1924.
“Vladimir Ilych sempre pensou muito nos judeus”, escreveu ela. “Lamento muito que o fato de nossa origem - que eu suspeitava antes - não fosse conhecido durante sua vida Lênin, de acordo com os relatos das pessoas ao seu redor, estava lentamente ficando louco de sífilis”. Isso foi encoberto pelos comunistas durante anos.
Abaixo está uma das últimas fotos tiradas dele ainda vivo. De relatórios, essa foto também ficou escondida por muitos anos:
257




258


Joseph Stalin: O Cavaleiro da Besta do Século 20
Um breve olhar sobre a criminalidade e personalidade criminosa do início da vida deste judeu.
Assassino em massa, mentiroso, ladrão, criminoso, mestre de escravos, vigarista, falsificador, mentalmente louco, brutal, etc. Todas essas palavras são muito poucas para explicar o que "Joseph Stalin" realmente era.
Na aula de história, você certamente terá ouvido falar de “Hitler”. Provamos e provamos novamente como Hitler não foi apenas um homem de paz, mas também que o chamado holocausto nunca aconteceu. Para entender por que Hitler foi culpado por tudo o que ele tem você deve olhar na direção oposta, em Joseph “Jughasvili” [em Geor-gian: filho de um judeu] Stalin para realmente entender a psicologia reversa e culpar Hitler, para encobrir os crimes da besta vermelha.
Os judeus como sempre fazem, gostam do que culpam a Satanás, sendo eles mesmos exatamente o que dizem que os outros são sob uma luz negativa, projetam isso na história e assim por diante, em todas as fronteiras e áreas de existência. O objetivo desta série de Sermões é mostrar passo a passo essa personalidade horrenda, que atormentou a Terra com sua existência e causou mais de 40 milhões de mortes em todo o mundo, muita das quais vocês nunca ouviu falar. Eles projetam tudo o que fazem para o outro lado, como sempre, para encobrir sua própria atrocidade.
Tudo o que a maioria das pessoas sabe sobre esse monstro kike é que ele era um ditador da URSS. Após pesquisas futuras, muito mais informações podem aparecer, direcionando a pessoa para a natureza desse indivíduo vil.
Por relatos e fatos históricos, sabemos que este judeu não era apenas excessivamente doente (tinha uma mão deformada mais curta que a outra e malformada, era excepcionalmente curto, tinha marcas no rosto de doenças, sem falar de seu olhar e olhar feio [razão pela qual ele teve suas fotos retocadas], o segundo e o terceiro dedo do pé eram palmados em seu pé esquerdo e assim por diante), mas por meio de mentiras como todos os judeus fazem, tentou esconder as fontes de todas as evidências de que ele era judeu. Por exemplo, por sua mão deformada, ele mencionou muitas histórias, uma das quais incluiu como ele foi atropelado por uma carruagem puxada por cavalos, ou que ele teve um acidente. Ele tentou esconder a fonte de suas deformidades, que vinham de sua genética judaica. Mais tarde, ele mudou seu nome de “Joseph Yugashvilli Stalin” para “Joseph Stalin”. Também, ele sempre correu sob muitos sobrenomes diferentes e falsos nomes, quando ele estava lutando para chegar ao topo do partido comunista judaico.
260
Não apenas essas eram as mentiras desse judeu. Como qualquer outro judeu patologicamente mentiroso, Stalin até mentiu sobre seu aniversário. Querendo esconder todas as informações sobre sua herança e linhagem judia, ele inventou todos os tipos de mentiras e tentou apagar todas as informações. Informação em relação a si mesmo. Em toda a sua vida, ele usou nomes e apelidos falsos. O chamado "ateísmo" [que nada mais é do que o resultado final do cristianismo] e o comunismo judeu sempre souberam da importância dos aniversários. Por esse motivo Joseph Stalin forjou seu aniversário muitas e muitas vezes, como esconder seu mapa astrológico para um e geralmente suas informações de fundo. Ao fazer isso, tudo o que ele disse seria verdade, pois não haveria informações conflitantes.
O próprio Stalin havia dito e proclamado que sua data de nascimento era 18 de dezembro. No entanto, após sua chegada ao poder, ele mudou para 21 de dezembro [normalmente para se ligar às energias e pontos energeticamente poderosos do mês e da data. Embora finalmente tenha sido descoberto por sua certidão de nascimento, que ele nasceu em 6 de dezembro.
Isso mostra o desrespeito e ódio dos judeus pelo Deus gentio, Satanás, de quem eles tentaram roubar a data. 23 de dezembro é o dia sagrado de Satanás e este kike tentou colocar seu aniversário [Dia da glorificação, pois assim o dia em que ele recebeu energia positiva da atenção] próximo a essa data para explorar seu poder.
A razão pela qual “Jughasvilli” mudou seu nome foi, evidentemente, para se proteger de ataques ocultistas, já que muitos exigem o uso do nome de um indivíduo. Ao se esconder atrás de pseudônimos, ele tentou se proteger disso. Aqueles com profundo conhecimento do ocultismo sabem que a URSS foi preenchida de cima a baixo com todo esse conhecimento para garantir, proteger e promover o "legado" da besta vermelha judaica. Os judeus estavam ativamente envolvidos no ocultismo, enquanto a população era pressionada por um sistema de crença ateísta de morte, deixando-os impotentes. Com o monopólio das armas, os poderes espirituais e os poderes do estado, Stalin e seus seguidores devotos lentamente subiram ao topo onde torturou e destruiu qualquer um como quiseram.
Além disso, ele era mentalmente pervertido, sócio-fóbico e psicótico como uma grande parte da raça judaica.
261

Relatórios dizem que ele foi viciado em drogas, atirou em pornografia, dormiu com uma mulher diferente a cada noite e assim por diante [embora ele tenha se casado 3 vezes e todas as suas 3 esposas fossem judias], usando brutalmente seu poder para agradar a si mesmo. Ele também era problemático em muitos outros departamentos da mente, como ele queria muita atenção sobre si mesmo, sentir-se alguém, ser respeitado - mas tudo isso do ponto de vista negativo e criminoso. O chamado "experimento de bater palmas", em que as pessoas batiam palmas e batiam palmas após os discursos deste kike, quem parasse de bater palmas primeiro era morto instantaneamente. As palmas duraram horas, pois as pessoas não queriam perder a vida.
Eventualmente, alguém parou e então...
Eles morreriam. Muitas vezes mais foram mortos e não apenas a pessoa que parou. A vida gentia não significava nada para este ditador kike.
Stalin também estava, estudando para se tornar um padre, no seminário ortodoxo de Tiflis. O que mostra claramente como ele estava tentando entrar na estrutura judaica cristã / da igreja, como ele sabia que havia muito poder dentro. Enquanto isso, ele era um marxista devoto e ávido seguidor dessas filosofias judaicas de esquerda. Tudo o que fez foi ajudar seus parentes genéticos. Porém, ele saiu e nunca completou sua universidade / faculdade e saiu para fazer coisas mais importantes, como gangsterismo, terrorismo e assim por diante.
Como um dos primeiros membros do partido pré-comunista [Partido Trabalhista Socialdemocrata Russo], ele teve que seguir o fluxo do partido para subir na hierarquia.
Não utilizou o seu nome verdadeiro e evitou-o ao máximo, utilizando o apelido e muitos outros, nomeadamente “Koba”. A ascensão nas fileiras aconteceu por meio de roubos, assaltos, assassinatos, assassinatos de distintos comandantes russos, figuras e assim por diante.
Usando como desculpa para o braço deformado [passando-o para baixo como um acidente] este judeu covarde nunca serviu no exército durante a 1ª Guerra Mundial [Enquanto Hitler teve um de seus momentos mais difíceis na mesma idade, ficando quase cego, lutando na linha de frente, numerosos ferimentos, etc.] e tomou a saída covarde. Mesmo assim, este "gangster" judeu fingiu ser uma espécie de excessivamente poderoso e numeroso, merecedor de respeito individual - apenas a partir de uma posição de poder posterior.
Mas como ele ganhou seu poder e posições? Isso pode ser facilmente explicado.
262
Em 1902, ele trabalhou em uma fábrica de propriedade dos Rothschild, na qual presumo que tenha feito suas conexões. Como se sabe, os Rothschilds e outros judeus financiam a chamada “Revolução Russa” para quadriplicar seus ganhos e encher seus bolsos quando seus amigos judeus como Stalin assumem a direção do país. Na Rússia após a revolução, ser judeu era centenas de vezes um título de "honra" com todos os direitos sobre as populações nativas russas. “Igualdade” no seu melhor. Afinal, os judeus não prometiam igualdade? 40 milhões de russos morreram, mas você não vê relatos de nada ruim para os judeus. Eles haviam feito seu refúgio seguro na besta russa, pronto para promover seus avanços para outros países.
Em primeiro lugar, Stalin tinha uma forte rivalidade interna com Lênin [o tempo todo]. Lênin, explorando os desastres que atingiram a Rússia após sua derrota na guerra, promete castelos nos céus. Stalin, desde seus primeiros crimes de idade, foi colocado no exílio e, em seguida, recebeu seus documentos falsos, ele viajou de volta para Tíflis e juntou-se aos bolcheviques sob o governo de Lênin. Mesmo que suas opiniões no início fossem muito diferentes de Lênin, que também era judeu, ele escondeu essas crenças, mas essas foram às razões pelas quais Stalin mais tarde assassinou Lênin. Apesar, foi ameaçado de sair do partido assim que fosse descoberto um panfleto ideológico que ele havia escrito, chamado “Credo”. Quando foi descoberto, Stalin matou atirando em todos aqueles que leram o artigo que ele publicou. Com um comportamento astuto típico dos judeus, ele já estava de volta ao alinhamento com o judeu Lênin. De qualquer maneira, de volta a Stalin se juntando aos bolcheviques. Quando Stalin entrou para os bolcheviques, ele teve que de alguma forma subir na escada.
No meio do caos na Rússia de 1905 (pessoas lutando nas ruas e assim por diante, a Rússia após a 1ª Guerra Mundial foi um naufrágio total) ele tinha um exército de bolcheviques, que estavam armados e com quem ele começou a roubar [piorando muito mais o país situação após a guerra e também, espalhando que a guerra era inútil- Stalin foi mandado para o exílio mais de 7 vezes por seus crimes, escapou 6, foi preso no dia 7 e, em seguida, foi resgatado - como um "patriota"], roubou equipamento para impressão e muitas outras coisas para ganhar força física. Isso teve que acontecer em uma série de sequestros, roubos, assassinatos, propaganda e assim por diante.
Para combater os mencheviques (o partido “inimigo” dos bolcheviques, falsa oposição, dois lados contra o meio do jogo judaico) aconteceram todos os tipos de comícios, crimes e desfiles armados. Por meio de uma série de propaganda negra, campanhas difamatórias e outros jogos de astúcia, o partido dos bolcheviques aos poucos foi ganhando terreno sobre os mencheviques.
263
Os roubos e ações sujas continuaram, até que ele fez uma fortuna tão grande que impossibilitou sua expulsão do partido bolchevique. De maneira apressada, escapando da prisão e do cativeiro repetidamente, ele se tornou um senhor do crime, que construiu sua fortuna e associação com homicídio, opressão, chantagem, nos bastidores da atividade criminosa e muito mais. Muitos de seus associados próximos, que mais tarde nomeou para a força política central da URSS, eram pervertidos judeus e assassinos em massa como ele. O principal meio pelo qual o partido leninista / bolchevique arrecadou dinheiro foi por meio de roubos, pois eles não fizeram outra coisa. O próprio Stalin não trabalhava ou tinha empregos que não exigiu nenhum trabalho. Ele simplesmente abandonou a vida, vivendo do dinheiro de "amigos" e de membros do partido. Ele nem mesmo teve que trabalhar para viver a si mesmo. Principalmente, a população gentia e os cidadãos comuns pagaram o preço dos mencheviques e bolcheviques [ambos os judeus dirigem e operam fronteiras, lados da mesma moeda].
Um de seus crimes infames em associação com Lênin foi o roubo de Tiflis em 1907. Stalin com sua gangue de assaltantes emboscou um comboio em Yerevan, eles roubaram o dinheiro que era igual a 3,4 milhões em dólares, matando 40 pessoas com armas e bombas, deixando 50 feridos, incluindo policiais e outros. Enquanto isso, ninguém de sua própria gangue morreu.
Ele deu esse dinheiro a Lênin e Lênin foi escoltado também, para nunca ser pego ou julgado pelo crime. Dois dias depois, ele acompanhou a si mesmo e sua família até a cidade de Baku. Como vemos, ele não tinha respeito pela vida humana. Sua vida criminosa começou cedo, muito cedo, na adolescência.
Origens:
Montefiore, Simon Sebag (2007), Young Stalin,
Weidenfeld e Nicolson
“Assassinato de Griaznoff”. Los Angeles Herald. 31 de janeiro de 1906.
Wikipedia.com
O judeu Putin está agora trabalhando para restabelecer o nome de Stalingrado na cidade russa de Volgogrado. Para honrar abertamente Stalin. Ele também relançou medalhas da era Stalin.
264
Os regimes de Putin, intelectual e filósofo chave, é esse cretino comunista, Dugin. Quem acredita que STALINIST Coreia do Norte é a sociedade ideal. E elogia os Kim's.
Vale a pena notar o que Dugin admite abertamente em uma entrevista que deu em 2012:
http://www.counter-currents.com/2012/07 ... der-dugin/
Isso se encaixa bem com a crítica ortodoxa do cristianismo ocidental. É fácil ver que a secularização do cristianismo ocidental nos dá liberalismo. A secularização da religião ortodoxa nos dá o comunismo...
Agora não é nenhum engano por que o regime do judeu Putin empurra tanto o stalinismo quanto o cristianismo ortodoxo.
Dois lados da mesma moeda judaica.
Hail our Father and God Creator Satan!
Hail great god and king Paimon!!!
Hail all great gods of hell!!!


Image
Post Reply