Page 1 of 1

História Oculta dos Judeus na Índia

Posted: Tue May 19, 2020 1:52 pm
by Egon
História Oculta de Kerala


A história dos judeus na Índia começou oficialmente em 72 dC. Eles entraram em Kerala depois que Judá foi destruída pelos romanos na guerra judaico-romana. A população judaica em Kerala já chegou a dezenas de milhares e só caiu com a migração da maioria deles para o Israel moderno. Há grandes placas de cobre nas sinagogas de Kerala, desde 379 dC, concedendo aos judeus grandes extensões de terra. Os judeus eram comerciantes poderosos em Kerala.

Aqui é possível detectar um padrão e como o inimigo funciona:

"Kerala, um estado tropical exuberante, ganhou destaque cerca de quinze anos atrás, quando produziu o primeiro governo comunista democraticamente eleito no mundo. Muitos dos habitantes são católicos sírios ou membros da Igreja Ortodoxa Oriental em Kerala, uma igreja fundada há muito por missionários cristãos, mesmo antes da formação da igreja católica romana. Kerala é frequentemente conhecida como um estado marxista-católico."
[1]

Kerala tem a maior comunidade cristã da Índia e é a base histórica do cristianismo na Índia.

O nestorianismo [Igreja Síria] em Kerala é antigo e remonta às primeiras seitas judaicas que espalham essa ideologia pelo mundo gentio. Sua lenda fundadora em Kerala é assim:

Tomé chegou em Kerala na Índia:

Enquanto ele [São Tomé] viajava sozinho a pé pelas rotas costeiras do interior, Tomé começou a trabalhar para trazer convertidos ao cristianismo. Além de dar sermões informais aos nativos, Tomé supervisionou a construção de igrejas cristãs nas quais ele podia pregar regularmente a nova fé. Então, durante os próximos vinte anos, ele conseguiu conquistar grande parte de Kerala em nome de seu mestre judeu."
[2]

Os judeus chegam aos milhares na Índia hinduísta no primeiro século e construíram uma poderosa comunidade base em uma nação hospedeira gentia. Então eles prosseguem com décadas de sua magia ritual judaica da Torá e amaldiçoam a população, começam a acumular riqueza e poder político como mostram as sinagogas edificadas por reis em Kerala. Eles são colocados acima da lei dos plebeus em muitos casos, até mesmo não terem que pagar certos impostos. Os judeus estavam muito envolvidos com seu dinheiro e influência oculta nos assuntos políticos de Kerala.

Os judeus do Ocidente criam o cristianismo em Alexandria e começam a espalhar isso pelo Império Romano e por toda a Pérsia, Índia e o Oriente em geral. Naturalmente seguindo as rotas comerciais de seus empreendimentos comerciais.

A comunidade judaica em Kerala usa sua riqueza para estabelecer o cristianismo em Kerala, juntamente com a construção de igrejas cristãs e fazem seus irmãos espalharem o programa judaico para os goyim de Kerala, como no Império Romano. Os judeus passaram décadas gerando a matriz de energia psíquica em Kerala para que isso fosse bem-sucedido. É por isso que o cristianismo se espalhou por toda parte como uma pandemia psíquica em Kerala, em rápida sucessão desse programa, mas foi rejeitado em outros lugares da Índia antiga. Como a declaração menciona, os judeus literalmente "conquistaram" Kerala com seu programa do cristianismo em vinte anos.

Séculos da influência judaica do cristianismo e da raça judaica e sua matriz de energia em Kerala. O que aconteceu foi que Kerala se tornou um estado judaico-marxista porque já estava em um estado judaico-cristão. Todas as energias se conectam na mesma Judiatrix de energia. Este é um exemplo microcósmico da imagem global de como a raça judaica está dominando o mundo gentio há séculos.

Fontes:
[1] Lost Cities Of China, Central Asia and India, por David Hatcher Childress
[2]The Truth Behind The Christ Myth, por Mark Pinkham

-Sumo Sacerdote Mageson