Jesus, o judeu racista imbecil

JoSportuguese – Joy of Satan em Português

Este grupo é para falantes de língua portuguesa que desejam estabelecer um relacionamento com Satan e discutir Satanismo Espiritual de forma séria.
Nós acreditamos que Satan e seus Demônios são seres reais. Seu tu és Satanista filosófico ou crê de outra forma, não tentes empurrar vossa crença aqui.
Pessoas que simpatizem com e/ou apoiem os inimigos de Satan (judeus, cristãos e muçulmanos) serão BANIDAS!
Blasfêmia contra Satan e/ou seus Demônios não será tolerada!
Se tu acreditas que Satan e seus Demônios são malignos, este grupo não é para ti, procure outro.
Não tentes empurrar crença Wiccana ou outros credos não-satânicos aqui.
Não tentes promover indivíduos, grupos ou organizações que atacam o Joy of Satan. Suas postagens serão apagadas e tu serás banido.
Qualquer um que promova qualquer coisa ilegal será banido, salvo Nacional-Socialismo e Revisionismo Histórico se estes forem criminalizados em vosso país.
Por favor, seja educado. Provocações não serão toleradas.

http://www.alegriadesatan.com

http://expondocomunismo.bucurialuisatan.com
http://thirdsexthulesociety.weebly.com/portugues.html
http://ssbiblioteca.webs.com

Sumo-Sacerdotisa Myla Limlal
User avatar
Egon
Posts: 1169
Contact:

Jesus, o judeu racista imbecil

Postby Egon » Sun Dec 08, 2019 11:21 pm

Jesus, o judeu racista imbecil

O personagem rabino Yeshua Bar Joseph (Jesus Cristo), que era o messias (rei) judeu e, portanto, governante político da raça judaica como a linhagem do rei Davi no Novo Testamento, mostra abertamente o racismo e a supremacia judaica contra os gentios, e as declarações de Jesus contra os gentios também são encontradas na Torá e no Talmude judaicos, dos quais ele próprio afirma ser seu ministério judaico no Novo Testamento.

No livro de João 10:34-35, o rabino Yeshua (Jesus) afirma que os judeus são deuses divinos e ele cita a Torá judaica para afirmar isso:
“Respondeu-lhes Jesus: Não está escrito na vossa lei: Eu disse: Sois deuses?
Pois, se a lei chamou deuses àqueles a quem a palavra de Deus foi dirigida, e a Escritura não pode ser anulada.”

O rabino Yeshua (Jesus) está citando os Salmos 82:6, que está dentro da Torá judaica:
“Eu disse: sois deuses, sois todos filhos do Altíssimo.”

O rabino Jesus acreditava que ele e seus semelhantes judeus eram deuses à imagem do deus judeu Yahweh, e essa é a crença fundamental do judaísmo. A outra é que os gentios são animais, ou goyim, colocados aqui para servir os judeus como gado.

O rabino Jesus chama o povo animal não-judeu de “cachorros”, que na época era um insulto comum para os gentios pelos judeus. É sabido pelos teólogos que os judeus usavam frases como “cão gentio” para desumanizar os gentios.

Mateus 15:21–28, Jesus encontra uma mulher cananéia que implora para que cure sua filha. Jesus a princípio recusa o pedido dela, afirmando: "Não é correto pegar o pão dos filhos e jogá-lo aos cães.” (Mateus 15:26).

O rabino Jesus chama abertamente os gentios de animais.

Aqui observamos que o rabino Jesus se agrada que a mulhere gentia se refere ao povo judeu como “senhores” e reconheceu o seu lugar como goy, um animal servo dos deuses divinos, os judeus, que é o que o rabino Jesus ensinou ao pregar a Torá:

Mateus 15:26-27
“Então, ele, respondendo, disse: Não é bom tomar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos.
Ela, contudo, replicou: Sim, Senhor, porém os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos.”

De onde o rabino Jesus teve a atitude de chamar os gentios de animais? A Torá, o livro que ele pregou, no qual os gentios são chamados abertamente de animais e comparados a diferentes tipos de animais servos dos judeus. No livro de Ezequiel, os gentios são chamados de animais, como burros e cavalos, em referência aos povos gentios que alguns dos judeus “cobiçavam”, afirmou:

Ezequiel 23:20
“Inflamou-se pelos seus amantes, cujos membros eram como o de jumento e cujo fluxo é como o fluxo de cavalos.”

Jumentos, cães etc., esse é o racismo judaico contra os gentios.

No Talmude, em Berakhot 58ª, o rabino Sheila mata um gentio para impedi-lo de relatar o que Ezequiel 23:20 afirma sobre os gentios. Essa passagem do Talmude instrui os judeus a assassinar gentios para impedi-los de alertar outros gentios sobre o que os judeus ensinam sobre eles.

A agenda declarada da Bíblia é dada em Revelações, que fala que as Nações (goyim) serão destruídas pelo rei judeu do mundo (Rabino Yeshua) e este rei judeu governará o mundo com as 12 tribos da raça judaica, que são simbolizadas pelos 144 mil judeus eleitos, e que o rabino Yeshua governará o planeta com uma vara de ferro, que é a arma que o deus judeu usa para destruir os gentios na Torá.

O cristianismo foi criado pelos judeus para doutrinar os gentios a destruir suas próprias culturas e adorar os judeus como deuses divinos, e usar a mente das massas para provocar a ditadura judaica global.

-Sumo Sacerdote Mageson

Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest