Satanismo e Reiki

JoSportuguese – Joy of Satan em Português

Este grupo é para falantes de língua portuguesa que desejam estabelecer um relacionamento com Satan e discutir Satanismo Espiritual de forma séria.
Nós acreditamos que Satan e seus Demônios são seres reais. Seu tu és Satanista filosófico ou crê de outra forma, não tentes empurrar vossa crença aqui.
Pessoas que simpatizem com e/ou apoiem os inimigos de Satan (judeus, cristãos e muçulmanos) serão BANIDAS!
Blasfêmia contra Satan e/ou seus Demônios não será tolerada!
Se tu acreditas que Satan e seus Demônios são malignos, este grupo não é para ti, procure outro.
Não tentes empurrar crença Wiccana ou outros credos não-satânicos aqui.
Não tentes promover indivíduos, grupos ou organizações que atacam o Joy of Satan. Suas postagens serão apagadas e tu serás banido.
Qualquer um que promova qualquer coisa ilegal será banido, salvo Nacional-Socialismo e Revisionismo Histórico se estes forem criminalizados em vosso país.
Por favor, seja educado. Provocações não serão toleradas.

http://www.alegriadesatan.com

http://expondocomunismo.bucurialuisatan.com
http://thirdsexthulesociety.weebly.com/portugues.html
http://ssbiblioteca.webs.com

Sumo-Sacerdotisa Myla Limlal
User avatar
Egon
Posts: 1026
Location: White Aryan Satanic Pagan
Contact:

Satanismo e Reiki

Postby Egon » Thu Sep 05, 2019 11:09 pm

Satanismo e Reiki

O templo de Sonten no Japão:
Image

As pessoas sérias no Reiki que estudam o sistema actual do Japão entendem que há uma lacuna de informação, há muito em falta. No entanto, isso está oculto à vista de todos.

A história de Mikao Usui é que após uma prática espiritual exaustiva no Monte Kurama, o Deus de Kurama, Sonten, apareceu para ele e transmitiu o conhecimento do Reiki. Usui foi criado como samurai na tradição de sua família e, como parte disso, recebeu ensino de prática espiritual. Ele foi um praticante espiritual durante toda a sua vida, criado em uma cultura pagã. As artes marciais das aulas que os samurais eram ensinados no Japão têm uma dimensão espiritual profunda para eles, que envolvia trabalhar com o sistema de poder da Serpente da psique individual. Elas incluíam mundra, mantra, bandha, exercícios e posturas de respiração para activar os chakras, os centros da Serpente, e despertam a Serpente Kundalini para direcionar esse poder pela mente espiritualizada. Na história do Japão, guerra psíquica foi uma parte importante das campanhas militares travadas pelas classes samurais no Japão. O segredo aberto da cultura japonesa é o hinduísmo, principalmente o antigo, eles até têm Ganesha como um grande Deus Pagão no Japão. Os registros hindus declaram que o período chamado de Era de Ouro da civilização lemuriana de Kumara Kandam foi governado por Sanat Kumara, que envolveu as civilizações antigas do Extremo Oriente. Da Índia, Tibete, China, Ásia Central ou o Império Saka, que era ariano e governado por Sanat Kumara de Shamballa, na moderna região de Gobi, e no Japão.

O budismo no Japão é diferente do budismo no subcontinente indiano e asiático em geral. O budismo nunca foi realmente aceito no Japão e, portanto, o budismo remanescente é conhecido como simplesmente paganismo antigo já existente que assumiu algum tipo de fachada budista. O templo do Monte Kurama até Sonten, onde Usui obteve esse sistema, possui os três principais símbolos do Reiki na parede. Dos três símbolos, dois são letras sânscritas, um deles é para o Deus Kannon e o outro é o mantra tântrico de Hum, que é o principal mantra do poder da (Kundalini) Yoga da Serpente. Kannon é um conhecido Deus pré-budista e é o Deus Kana Deva no hinduísmo. Kannon é um dos Deuses Pagãos mais populares do Japão e governa os 33 passos para o céu, os 33 níveis da coluna vertebral em que a Serpente deve passar para o chakra da coroa. O símbolo de Kannon na parede do templo é chamado no Reiki de Símbolo do Amor, porque os símbolos de Kannon ou Kana/Kama Deva regem a união sexual alquímica dos chakras masculino e feminino e os nadis masculino e feminino, os nadis Pingala e Ida no nadi central, a Sushumna, que são os princípios energéticos necessários para elevar a Serpente para a coroa pelas 33 partes da espinha, que é o número de Kannon, e transformar a alma. É por isso que Kannon é o Deus do Amor, que é um significado espiritual. O outro símbolo na parede do templo, o símbolo do poder no Reiki, é o mantra Hum, que é o mantra de Rudra, a divindade védica conhecida popularmente como Shiva, este mantra é para despertar o poder da Serpente. Estes são aspectos de Sonten Kurama. No hinduísmo, Kana e Shiva são aspectos e formas de Sanat Kumara.

Dentro do templo no Monte Kurama:
Image

Sonten é uma divindade pré-budista e uma das divindades mais antigas do Japão. Soten Kurama é Sanat Kumara no hinduísmo. No hinduísmo, Sanat Kumara é a forma mais antiga de Shiva e também chamado Kana Deva, e é o Deus da Kundalini Yoga no hinduísmo, do qual todos os yogis buscam a bênção para sua iniciação na Kundalini Yoga. E no sul da Índia, os kundalini yogis seguem Sanat Kumara (também chamado Murrugan) como parte de seu caminho espiritual. Sanat Kumara é Vénus no Hinduísmo. A cura prânica ou o Reiki faz parte da yoga hindu da Kundalini, e é ensinado como tal.

O sigilo de Sonten no Reiki é o símbolo dos mestres Usui, no entanto, também se acredita que o símbolo Raku é o símbolo mestre real. Observe também que algumas formas do símbolo Raku se assemelham ao sigilo de Hum, e são usadas com shaktipat para abrir o fluxo da energia da Serpente desde a coroa pela espinha para conectar-se através dos chakras até a raiz para despertar a kundalini no Reiki, e os caracteres das letras asiáticas são sigilos pagãos energizados:

"O símbolo Raku, também conhecido como 'Raio de Iluminação' é usado no nível Mestre do Reiki no processo de sintonização. Diz-se que o símbolo representa o chi, o prana ou a energia da força vital que desce a coluna através dos chakras."

Reiki é uma palavra que significa poder da Serpente que é simbolizado como iluminação. Raku é a palavra para poder da Serpente e o símbolo de Raku é a energia da Serpente. Nas línguas antigas do Oriente, Reiki e Raku literalmente significam a mesma coisa. Rei ou Ra são o mesmo termo no leste e se relacionam com o poder da energia espiritual e Ki ou Ku ambos significam Deus Serpente. Sonten Kurama é o Deus Serpente.

O mito de Sonten é que ele veio de Vénus para a Terra seis milhões de anos atrás e salvou a Terra. Este é o mito geral de Sanat Kumara no Oriente. Vénus rege a energia da Serpente no hinduísmo, a Serpente ao redor do pescoço de Shiva, que é sua Shakti ou energia da força vital da Serpente, e é chamada Vasuki. Vasu é um nome para Vénus em sânscrito e Ki é o Deus Serpente. Sonten é a energia da Serpente que transforma o "mundo", o indivíduo, no estado ascendido ou Corpo de Luz. É por isso que Sonten governa o Monte Kurama, que é o símbolo da coluna vertebral como o Monte Meru, e Ku é o Deus Serpente no Extremo Oriente. O Ku representa o éter, que é governado pelo Nadi central, a Sushumna, e os nadis Ra, o Sol, e Ma, a Lua . Kurama são os três nadis que formam o símbolo do Caduceu. Quando os três se conectam, formam um chakra enquanto enrolam a espinha no cérebro onde se unem. O seis é o número de união sexual dos seis chakras principais, os três masculinos e os três femininos, e o coração é neutro e conecta os chakras superiores e inferiores. Ku como éter é o chakra do coração e os chakras masculinos Ra e chakras femininos Ma, todos unidos.

O símbolo de Sonten no templo do Monte Kurama também é o triângulo tântrico com o símbolo do coração do céu no leste, no centro, onde os três nadis se conectam no centro da cabeça. Cada círculo representa o espírito e a conexão do poder espiritual com os três nadis. Também mostra a conexão entre os três chakras femininos, o círculo, e os masculinos, a linha, juntos como a união da alma. O triângulo está voltado para cima, mostrando o fogo da Serpente subindo para o chakra da coroa, e o triângulo é o símbolo do chakra da coroa no Tantra. É o yantra da alma unida com o poder da Serpente, o terceiro olho despertado e o chakra da coroa aberto, que concedem à pessoa o estado iluminado da espiritualidade.

Yantra de Sonten:
Image

O pilar do monte de Sonten mostra a coluna vertebral com os três “mundos” ao longo dele, que no Oriente são os três principais chakras que formam o chakra da raiz, do coração e o Ajna. A forma é semelhante a uma lança mostrando a Serpente totalmente ascendida à abertura da coroa e unindo todos os chakras no caminho, incluindo os três nós ou mundos:
Image

No Japão, o Deus Sonten é simbolicamente o poder da Serpente e seus efeitos transformadores da alma individual no estado espiritual transformado do Corpo de Luz e no processo de se tornar um ser iluminado imortal.

Os próprios Yezidhi, que vêm dos antigos persas (povo saka), afirmam que vieram do norte da Índia antiga e afirmam que seu principal Deus é Sanat Kumara na Índia, e que na verdade são hindus em seus costumes. Eles chamam seu Deus de Satan, o nome Sanat significa Eterno em sânscrito e Satan também significa Eterno em sânscrito, ambos os títulos significam o mesmo. Sanat Kumara é Satan Kurama, que significa “A Serpente Eterna”. Os hinos espirituais dos Yezidhi estão cheios de palavras sânscritas antigas. Satana é o nome antigo do poder da Kundalini nas antigas regiões da Pérsia. Este se torna Satanás em latim.

O Reiki é um presente de Satanás para a humanidade, e o Reiki é um sistema de Kundalini. Esta é a parte que falta, é o sistema de yoga com o poder da Serpente no Japão e a capacidade de curar é um poder espiritual ou Siddhi da Kundalini Yoga. Soten Kurama, Satanás, governa o poder da yoga serpentina no Japão. É por isso que no hindu, o mantra Satanama da Kundalini Yoga é o nome do mantra mais elevado de Sanat Kumara, que governa esse poder da yoga serpentina e significa ‘Viva Satanás’.

O que aconteceu posteriormente foi que Hawayo Takata trouxe o Reiki para a América e depois deixou este mais atraente para uma população cristã, corrompendo o Reiki, e alegou que lhe foi ensinado pela mão curadora de Jesus que a tocou e a curou. Ela também estava cobrando até dez mil dólares pelos níveis mais altos de iniciação ao Reiki. Ela o corrompeu e provavelmente removeu muitas práticas espirituais reais dele. Este se tornou o sistema dominante no Ocidente, a versão corrompida. Ele foi corrompido ainda mais pelos agentes da Nova Era, e vinculou-o aos Anjos, que são pensamentos-forma inimigos da Consciência Crística e as entidades inimigas chamadas Greys por trás deles. O fiel da Nova Era é ensinado a canalizar seus anjos guias, que enviam a energia para que eles dependam das entidades inimigas que os amaldiçoam, e não a abrir e transformar suas próprias almas com a Serpente do verdadeiro Deus Satanás e a usar suas próprias habilidades para curar os outros. Então eles ficam impotentes e a espiritualidade é condenada pelo inimigo.

Satan Kurama é o Deus Serpente Eterno e foi adorado em todo o mundo antigo. No Oriente antigo, os textos do Yoga afirmam que somente ativando e elevando a Serpente e transformando a alma se pode obter a vida eterna e esse conhecimento espiritual foi dado à humanidade por Satan Kurama.

-Sumo Sacerdote Mageson

Fontes:
The Serpent, the Eagle, the Lion and the Disk, por Brannon Parker
Merging with Siva, Satguru Sivaya Subramuniyaswami
Kundalini Yoga, Swami Sivananda
The Alchemical Body, Gordon White
Biografia de Usui

kakashi
Posts: 4

Re: Satanismo e Reiki

Postby kakashi » Sun Oct 27, 2019 12:00 pm

Interessante...eu fui iniciado no reiki corrompido,por isso posso ter sofrido alguns ataques espirituais,eu deixei de meditar por um longo tempo,estou um bocado confuso,é muita informação para processar,talvez eu volte a meditar.


Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest