O Fim do Sofrimento é o Nacional Socialismo

JoSportuguese – Joy of Satan em Português

Este grupo é para falantes de língua portuguesa que desejam estabelecer um relacionamento com Satan e discutir Satanismo Espiritual de forma séria.
Nós acreditamos que Satan e seus Demônios são seres reais. Seu tu és Satanista filosófico ou crê de outra forma, não tentes empurrar vossa crença aqui.
Pessoas que simpatizem com e/ou apoiem os inimigos de Satan (judeus, cristãos e muçulmanos) serão BANIDAS!
Blasfêmia contra Satan e/ou seus Demônios não será tolerada!
Se tu acreditas que Satan e seus Demônios são malignos, este grupo não é para ti, procure outro.
Não tentes empurrar crença Wiccana ou outros credos não-satânicos aqui.
Não tentes promover indivíduos, grupos ou organizações que atacam o Joy of Satan. Suas postagens serão apagadas e tu serás banido.
Qualquer um que promova qualquer coisa ilegal será banido, salvo Nacional-Socialismo e Revisionismo Histórico se estes forem criminalizados em vosso país.
Por favor, seja educado. Provocações não serão toleradas.

http://portugues.bucurialuisatan.com
http://expondocomunismo.bucurialuisatan.com
http://thirdsexthulesociety.weebly.com/portugues.html
http://ssbiblioteca.webs.com

Sumo-Sacerdotisa Myla Limlal

Moderators: Hps.mlimlal666, Egon

User avatar
Dame der Nacht
Posts: 34
Contact:

O Fim do Sofrimento é o Nacional Socialismo

Postby Dame der Nacht » Tue Dec 05, 2017 11:21 pm

Image

“Em uma estrada rural no Palatinado, dois homens do Serviço de Trabalho (Reichsarbeitsdienst) estão marchando em direção à próxima cidade. O acampamento do Serviço de Trabalho encontra-se numa longa estrada do país e é um longo caminho para a estação ferroviária. Mas os dois homens estão em alto astral e estão a assobiar, porque eles estão indo para casa de férias depois de meses de trabalho saudável e extenuante. Eles apitam: na pátria, na pátria... Só então uma fila de carros passa os dois homens. Eles têm sorte, um deles diz. Eles estarão lá mais cedo do que nós, o outro diz. Eles estão acenando! Ambos gritam junto. E então, de fato, a fila de carros chega a um impasse e espera até que os dois homens, que começaram a correr, alcancem. Onde? Onde? Subam! Os dois homens abrem os olhos arregalados de espanto, porque o homem que para no meio da estrada e convida-os a subir em é ninguém menos que o Líder, Adolf Hitler. Ele pede para eles descreverem suas vidas e pede para saber em detalhes como é em seu campo de trabalho.

Em algum momento eles chegam na pequena cidade. Os carros param. Quando eles saem, o Líder pergunta a um dos dois homens:
-Está prestes a chover, não tem um casaco convosco?
-Eu não tenho nenhum casaco civil, meu Líder. Eu estava desempregado há muito tempo.
Ao ouvir isso, o líder tira o casaco de viagem cinza e coloca-o sobre os ombros de seu compatriota.”
(Trecho de A Vida do Líder)

O amor e respeito autênticos são os responsáveis pelo cuidado, e este altruísmo é o que sustenta nossas sociedades e nosso planeta unidos. Hoje fomos doutrinados a uma psicologia do judeu. Ódio por toda a diversidade biológica em cada nível. Os homens são ensinados a odiar as mulheres e mulheres, os homens. E cada um odiando a si mesmos por serem homens e mulheres. As raças são ensinadas a odiar uns aos outros e a si mesmas pela raça que fazem parte. Culturas que suportaram as expressões únicas de povos inteiros estão esquecidas e destruídas. Os indivíduos são ensinados a odiar-se por sua individualidade e o outro por a sua individualidade. Uma classe pela outra classe. Até mesmo odiar a nós mesmos e aos outros pela nossa natureza alimentar. Somos ensinados a odiar e temer a espiritualidade, a sabedoria e o conhecimento verdadeiro. E toda a humanidade é ensinada a odiar-se por sermos seres humanos. A humanidade inteira está afundando no desejo patológico de autodestruição.

Um passo além, mesmo este e o núcleo deste, é a doutrina mais subversiva que foi injetada primeiramente com os ensinamentos do budismo no Oriente, que os judeus estavam conectados, e espalharam no Ocidente, e eles ainda estão empurrando isso obsessivamente. E mais atualmente injetaram nas sociedades ocidentais por intelectuais judeus e suas doutrinas psicológicas, de que não há o Eu. A negação de si mesmo é a negação do Atman, a natureza da alma individual. A remoção da alma remove o núcleo do conhecimento espiritual e reduz-nos a uma massa de híbridos robóticos. É a desmoralização definitiva do ser humano e o que significa ser humano.

A doutrina judaica do ódio é projetada para quebrar todos os laços orgânicos saudáveis e dissolver a todos, desde o menor indivíduo às raças inteiras e culturas em uma sociedade escravista materialista, um mundo que funciona em uma mente de colmeia. Esta é a essência do comunismo, cristianismo e islamismo.

As piores coisas são a ignorância e a apatia que são as duas grandes destruidores. As pessoas tornaram-se tão desmoralizadas e deprimidas pela psicologia e propaganda da sociedade judaica globalista que muitos fecharam-se e tornaram-se apáticos para a vida, por razões diferentes, mas de mesmo resultado. Eles se tornam ignorantes de bom grado, como não se pode acordar um homem fingindo estar dormindo. E muitos dos que se importam, mas por ignorância são desviados a apoiar os sistemas político-sociais que são o problema, não a solução, afim de que as coisas se tornam piores. Eles são o significado do caminho para o sofrimento alinhado com boas intenções. Ganância surge da apatia e também é uma patologia baseada no medo, que é normal em uma sociedade baseada em escassez. Esta que ensina valores de auto-identificação baseada na acumulação de bens materiais em um ambiente de Darwinismo social. Nossos valores sociais tornaram-se baseado em psicopatologia, porque nossa sociedade tem sido judaizada.

O mundo sofre por que o Sistema Mundial Judaico assassinou a verdade. Eles criaram um mundo de pessoas auto assassinadas à nível da alma. Caminhando por aí em corpos animados vazios. Não é permitido abraçar tudo o que o universo tinha projetado para dar-lhes felicidade e alegria na vida. Muito apático para a sua própria existência se preocupar com quaisquer outros. As pessoas são ensinadas a se identificarem com tudo o que é destrutivo para si e desenvolver um personagem em torno disso. Trauma profundo interior que isso causa faz com que eles, por sua vez, deem origem a muitas afeições patológicas. À a psique está doente com a carga e dor inconsciente de viver em uma sociedade desumana espiritualmente vazia.

Tu podes ver isso na arte e na música que é popular na sociedade e sua expressão de raiva, tristeza e desespero, nada além de sofrimento psicológico e emotivo. O resto é felicidade superficial e vazia, soando doce lixo.

É únicamente por reconectarmos com nós mesmos, abrir e transformar nossas almas que podemos perceber a Verdade Eterna e abrir o respeito e cuidado pelas coisas que nos fazem grandes. Nossas diferenças. É um fato conhecido que ter uma identidade positiva é o que faz uma pessoa e grupo único é a chave para o bem-estar psicofísico e espiritual de todos os povos. São as cores diferentes em uma pintura que a tornam bela, a diversidade de instrumentos de uma orquestra que faz a harmonia do som. É a diferença de natureza que torna nossos amigos nossos amigos. A celebração de nossas diferenças é a celebração da vida.

O que nós amamos e respeitamos em nós mesmos é o que nós iremos amar e respeitar nos outros. Os valores fundamentais da espiritualidade e altruísmo e a compaixão autêntica baseiam-se na verdade que surgem a partir disso. É o que vai acabar com o pesadelo e trazer o fim do sofrimento neste planeta.

Eu acredito que a humanidade é, em última análise, boa no centro de seu coração, mas presa em um sistema ruim e um nível samaritano de existência onde esse sistema é construído. E é por isso que o inimigo tem que trabalhar todo o dia por milhares de anos e ainda não tem o que ele quis alcançar. É a nossa bondade que eles odeiam e temem, porque bondade flui de dentro para fora da alma, e a alma Gentia e seu espírito é a única coisa que não podem esmagar.

Nossa força está em nossa diversidade e o amor para a Ordem Eterna da vida de onde todos nós fazemos parte, e de onde essa diversidade se manifesta. É por isso que eles sempre atacam isso.

A grande luta que é necessária a maior força espiritual é derrotar a feiúra do judeu dentro de nossas próprias almas. Purificar nossas mentes e corações dos efeitos tóxicos de viver nesta idade sombria... A idade do judeu. Trazemos a Era de Ouro de dentro de nossas próprias almas.

Nacional-Socialismo é o único sistema que pode trazer uma revolução mundial espiritual que pode abrir as portas para o paraíso neste planeta para todos os povos e vidas sensíveis. A enorme quantidade de alegria e felicidade na Alemanha foi o resultado natural de ser parte de uma ordem baseada na verdade e bondade. Os judeus odeiam Hitler até hoje, porque ele queria criar um mundo melhor para a humanidade, baseado no avanço espiritual, compaixão autêntica pela a vida e altruísmo.

Nacional-Socialismo eleva o homem e o mundo. O que o judeu tem tentado matar tão dificilmente... A ordem suprema da Verdade, que é a finalidade suprema da vida, porque dentro de uma verdade, há o poder de gerar a vida.

Veja também o PDF: Compreendendo o Nacional-Socialismo

Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest